Esportes

MP avisa que “analisa representações” contra festa de Neymar em Mangaratiba

Órgão avisou, por meio de nota, que está analisando representações relacionadas ao evento encabeçado pelo jogador do PSG

Gazeta
Gazeta Esportiva
MP avisa que “analisa representações” contra festa de Neymar em Mangaratiba
Festa organizada pelo craque segue rendendo polêmicas (Foto: REUTERS/Christian Hartmann)

30 de dezembro de 2020 - 12:16 - Atualizado em 30 de dezembro de 2020 - 14:03

A festa de fim de ano organizada por Neymar em Mangaratiba, no Rio de Janeiro, segue rendendo polêmica. O Ministério Público do Rio de Janeiro (MP-RJ) avisou por meio de uma nota que está analisando representações relacionadas ao evento encabeçado pelo jogador do Paris Saint-Germain.

“Sem prejuízo, a Promotoria de Justiça com atribuição em Mangaratiba está analisando as representações encaminhadas para adoção das medidas eventualmente cabíveis”, pronunciou-se o órgão pela nota.

A prefeitura de Mangaratiba, um pequeno município do estado do Rio de Janeiro, pediu aos seus 41.000 habitantes que não organizassem comemorações de fim de ano e instalou barreiras sanitárias. “Não temos nenhuma informação dessa festa”, afirmou em um comunicado.

Neymar comprou a mansão em 2016 e, segundo a imprensa, a propriedade se encontra em um terreno de 10.000 m2, incluindo um heliporto, quadras esportivas, spa, sauna, sala de massagens, academia e áreas para comida e bebida.

Em meio à avalanche de críticas, uma empresa de eventos, a Agência Fábrica, afirmou em um comunicado que é a idealizadora e produtora de um “evento de réveillon na região da Costa Verde, no estado de Rio de Janeiro, que receberá aproximadamente 150 pessoas”, sem mencionar o contratante da festa.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.