Basquete

Morre Gerson Victalino, recordista de jogos pela seleção de basquete

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais
Morre Gerson Victalino, recordista de jogos pela seleção de basquete

29 de abril de 2020 - 00:00 - Atualizado em 29 de abril de 2020 - 00:00

Nesta quarta-feira, Gerson Victalino, considerado um dos maiores ícones do basquetebol brasileiro, morreu aos 60 anos, vítima de Esclerose Lateral Amiotrófica. Gerson não apenas foi o jogador que mais defendeu a seleção, como também integrou o elenco campeão no Pan-Americano de Indianópolis, em 1987.

Gerson Victalino morre aos 60 anos (Foto: Divulgação)

Levando em consideração Olimpíadas, Mundiais e Jogos Pan-Americanos, ninguém vestiu a camiseta da seleção mais vezes que Gerson. Em números gerais, divulgados pela Confederação Brasileira de Basquete, foram 63 partidas.

Momentos após a confirmação da sua morte, o perfil oficial da CBB lamentou o ocorrido.

“Gerson nos deixou aos 60 anos. Foi um guerreiro na luta contra a ELA. Recentemente, seus amigos, também ex-jogadores da Seleção, fizeram uma conferência online para dar carinho ao gigante. Gerson estará sempre em nossos corações”, escreveram.

Gerson estreou no basquete profissional em 1979. Dois anos depois, quando tinha apenas 20, fez a sua primeira partida pela Seleção Brasileira e, a partir de então, integrou em diversas oportunidades.

Além do Pan de 1987, o ícone brasileiro esteve em três Olimpíadas, em Los Angeles 1984, Seul 1988 e Barcelona 1992.