Espanha

Morata revela que seus filhos foram ameaçados após baixo desempenho pela Espanha

Gazeta
Gazeta Esportiva

25 de junho de 2021 - 08:47 - Atualizado em 25 de junho de 2021 - 13:16

O atacante Álvaro Morata, da Juventus e da seleção espanhola, relatou nesta quinta-feira que sua família foi alvo de ameaças após o empate da Espanha com a Polônia em 1 a 1, na segunda rodada da Eurocopa.

Morata é o atacante titular da Espanha e vem sofrendo críticas especialmente pelos seus gols perdidos. Contra a Eslováquia, por exemplo, o jogador desperdiçou um pênalti. “Entendo que me critiquem por não fazer gols, sou o primeiro a reconhecer isso, mas aí começam a envolver sua família, seus filhos… Entendo que critiquem meu trabalho, mas há um limite”, disse o jogador à rádio Cope.

“Minha família foi ameaçada. Me disseram que meus filhos deveriam morrer. Toda vez que chego no vestiário, meu telefone vai para outro lugar. O que me incomoda é o que falam para a minha esposa, para as minhas crianças. E eles me contam tudo”, disse o jogador. Morata revelou que está melhor e que se fossa há um tempo atrás, ele estaria “ferrado”.

O atacante tem um gol marcado na Eurocopa, contra a Polônia. Pela Juventus, na última temporada, o jogador marcou 20 gols em 44 jogos. A tendência é que ele siga atuando como titular da Espanha, que enfrentará a Croácia nas oitavas de final da Euro na próxima segunda-feira.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.