Esportes

Miranda critica decisões da arbitragem no clássico: “Fizeram gol contra sozinhos”

Gazeta
Gazeta Esportiva

31 de julho de 2021 - 21:12 - Atualizado em 31 de julho de 2021 - 21:30

Miranda saiu de campo um tanto quanto frustrado por causa das polêmicas decisões da arbitragem no Choque-Rei deste sábado, no Morumbi. O zagueiro foi acusado de ter participado do lance em que Gustavo Gómez marcou gol contra, já no final da partida, embora tenha aparecido distante da bola nas imagens.

“É clássico. A gente se alterou um pouco, a gente queria vencer o jogo. No nosso ponto de vista não houve interferência, simplesmente fizeram gol contra sozinho, de maneira nenhuma impedi a trajetória da bola ou impedi o defensor de alcançar a bola, mas agora já foi. É pensar na Copa do Brasil e no decorrer do Campeonato Brasileiro”, disse Miranda ao Premiere.

No geral, o São Paulo foi superior ao Palmeiras neste sábado, em uma prévia das quartas de final da Copa Libertadores. Mesmo enfrentando o líder do Campeonato Brasileiro, a equipe comandada por Hernán Crespo não se intimidou e criou boas oportunidades para balançar as redes. A arbitragem, no entanto, interferiu tanto em um pênalti a favor do Tricolor quanto no gol contra marcado por Gustavo Gómez. Rigoni também marcou um gol impedido no primeiro tempo, mas o assistente não precisou do auxílio do VAR para acertar.

“Fizemos um grande jogo, fomos dominantes desde o primeiro até o último minuto. Dois lances casuais que no meu ponto de vista eram para ter sido a favor nosso, mas, infelizmente, não aconteceu. O time sai fortalecido, porque fizemos um grande jogo. Enfrentamos o primeiro colocado. Agora é pensar na sequência, porque temos grandes objetivos pela frente”, concluiu.

O São Paulo volta a entrar em campo na próxima quarta-feira, contra o Vasco da Gama, em São Januário, pela volta das oitavas de final da Copa do Brasil. Após vencer o jogo de ida por 2 a 0, o Tricolor pode até mesmo perder por 1 a 0 que avança à próxima fase da competição.