Campeonato Copa América

Ministérios da Saúde confirma 52 casos de covid-19 ligados à Copa América

Gazeta
Gazeta Esportiva

15 de junho de 2021 - 16:00 - Atualizado em 15 de junho de 2021 - 16:15

O Ministério da saúde atualizou, nesta terça-feira, o número de contaminados pela covid-19 que estão relacionados a organização da Copa América. Segundo a pasta, foram contabilizados 11 novos casos, totalizando um números de 52 infectados.

Até a noite desta segunda-feira, quando o último balanço havia sido divulgado, o número era de 41 casos relacionados à realização da competição no Brasil. Entre os 52 contaminados, 33 são jogadores e membros de delegações e os outros 19 estão entre prestadores de serviços contratados pela Conmebol para realização da competição.

Ainda de acordo com a pasta, estão sendo realizados testes de sequenciamento genético para identificação de possíveis variantes entre os casos confirmados.

“Foram realizados 3.045 testes de RT-PCR entre jogadores, membros das delegações e prestadores de serviços. Até o momento, 52 casos de Covid-19 foram confirmados, sendo 33 entre jogadores e membros das delegações e 19 prestadores de serviços contratados para o evento. Os casos de prestadores de serviços foram confirmados em Brasília (DF) e no Rio de Janeiro (RJ). A positividade de casos por Covid-19 foi de 1,70%”, explicou o Ministério da Saúde, por meio de nota oficial.

A Seleção que mais sofreu com os casos de covid-19 foi a Venezuela, primeiro adversário do Brasil na competição. A delegação venezuelana em Brasília na noite da última quinta-feira e, nos primeiros testes realizados, foram 13 casos confirmados.

As Seleções do Peru, Bolívia e Colômbia também tiveram testes positivos entre jogadores e membros da comissão técnica.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.