Campeonato Italiano

Milan empata com a Roma e perde 100% de aproveitamento no Italiano

Gazeta
Gazeta Esportiva

26 de outubro de 2020 - 18:41 - Atualizado em 26 de outubro de 2020 - 19:00

Nesta segunda-feira, pelo fechamento da quinta rodada do Campeonato Italiano, o Milan ficou no empate em 3 a 3 com a Roma no San Siro e perdeu os 100% de aproveitamento neste início de competição. Em jogo agitado e de pênaltis duvidosos, Ibrahimovic (duas vezes) e Saelemaekers anotaram para os mandantes, enquanto os visitantes marcaram com Dzeko, Veretout e Kumbulla.

Mesmo com o empate, o Milan mantém a liderança do Italiano, agora com 13 pontos, com dois de vantagem para o vice-líder Napoli. Já a Roma tem um começo irregular de campeonato e está estacionado na nona colocação com apenas oito pontos.

O jogo começou elétrico e o Milan precisou de apenas um minuto para balançar as redes. Rafael Leão conduziu pelo lado esquerdo e deu um lançamento na medida para Ibrahimovic desviar de primeira e abrir o placar. Mesmo com o gol relâmpago, a Roma não se intimidou e chegou ao empate aos 13 minutos, quando Tatarusanu saiu mal de gol em cobrança de escanteio e Dzeko aproveitou para cabecear e igualar o jogo.

As equipes seguiram construindo boas chances no decorrer da primeira etapa, mas sem conseguir ampliar o marcador. O Milan até chegou a carimbar a trave, em cabeceio de Kjaer, enquanto a Roma assustou com Ibañez, que avançou até o ataque e finalizou para boa defesa de Tatarusanu.

No segundo tempo, o Milan repetiu a dose e saltou à frente do marcador logo no primeiro minuto com Saelemaekers, que completou mais uma boa jogada de Rafael Leão. A Roma foi para cima e chegou ao novo empate através de um pênalti polêmico assinalado pelo árbitro na disputa entre Pedro e Bennacer dentro da área. Na cobrança, aos 25, Veretout bateu cruzado e igualou a partida novamente.

Se o árbitro assinalou penalidade duvidosa no empate da Roma, fez o mesmo aos 36, para o lado do Milan, na disputa entre Çalhanoglu e Mancini. Ibrahimovic deslocou o goleiro na cobrança e marcou mais um no jogo, colocando-se como herói de uma eventual vitória. Até que aos 38, o sueco falhou na tentativa de afastar a bola em escanteio e a bola sobrou para Kumbulla, na segunda trave, que selou o empate mais uma vez.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.