Esportes

Mesmo com retornos de Neymar e Mbappé, PSG leva virada do Monaco no Francês

Gazeta
Gazeta Esportiva

20 de novembro de 2020 - 18:00 - Atualizado em 20 de novembro de 2020 - 19:15

Nesta sexta-feira, pela 11ª rodada do Campeonato Francês, o Paris Saint-Germain visitou o Monaco e acabou derrotado por 3 a 2. Mesmo com os retornos de Neymar e Mbappé, os parisienses saíram na frente com dois gols do craque francês, mas levaram a virada na segunda etapa.

O Paris continua na liderança, com 24 pontos, mas encerra uma sequência de oito vitórias consecutivas no campeonato. Já o Monaco chega aos 20 pontos e sobe para a segunda colocação.

Depois de se recuperar de um problema no tendão da coxa e servir a seleção francesa, Mbappé começou a partida e saiu aos 23 do segundo tempo. Já Neymar retornou depois de lesão muscular na coxa esquerda e entrou no jogo aos 15 da etapa final.

As primeiras chances de perigo foram do time da casa, aos sete e aos nove minutos, mas quem abriu o placar foram mesmo os parisienses. Depois de bom passe de Di Maria, Mbappé ganhou do marcador e finalizou firme na saída do goleiro para colocar a equipe em vantagem.

Empolgado com o gol, o PSG manteve a intensidade e ampliou o marcador ainda antes do intervalo. Aos 36, depois de pênalti sofrido pelo brasileiro Rafinha, Mbappé marcou o segundo. O time parisiense ainda balançou as redes em outras duas oportunidades, mas após checagem no VAR, foi assinalado impedimento em ambos os lances.

Na segunda etapa, a partida mudou completamente de roteiro e o Monaco foi valente para buscar a virada, mesmo após a entrada de Neymar. Volland diminuiu e empatou a partida com gols aos seis e aos 19 minutos. Empolgada, a equipe do principado continuou em cima e chegou à vitória com Fàbregas cobrando pênalti.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.