Esportes

Mesmo com pandemia, futebol feminino investe mais em transferências em 2021

Gazeta
Gazeta Esportiva

17 de fevereiro de 2021 - 11:40 - Atualizado em 17 de fevereiro de 2021 - 11:45

Com o surto da covid-19, desde março de 2020 houve uma desaceleração geral no mercado de transferências. No entanto, o futebol feminino investiu mais em transferências em janeiro de 2021 em relação ao ano passado, diferentemente do futebol masculino, que apresenta considerável queda.

Mesmo com pandemia, futebol feminino investe mais em relação a 2020

Em relação ao ano passado, o número de transferências internacionais de jogadores profissionais caiu 36,2%, de 4.215 para 2.690, enquanto o gasto com taxas de transferência despencou de US $ 1,16 bilhão em 2020 para US $ 0,59 bilhão em janeiro deste ano, segundo relatório da FIFA.

No futebol feminino, os números gerais de contratações também diminuíram, indo de 185 ano passado para 177 atualmente. No entanto, o investimento é maior. Os clubes investiram US $ 310.100, mais de 60% a mais do que gastaram no mesmo período em 2020 (US $ 193.600).

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.