Esportes

Mbappé despista sobre saída do PSG após hat-trick: “Estúpido decidir por um jogo”

Gazeta
Gazeta Esportiva

16 de fevereiro de 2021 - 20:49 - Atualizado em 16 de fevereiro de 2021 - 22:00

Nesta terça-feira, o jovem Kylian Mbappé foi o destaque do Paris Saint-Germain na goleada por 4 a 1 sobre o Barcelona. O atacante de 22 anos marcou três gols no Camp Nou, pelo jogo de ida das oitavas de final da Liga dos Campeões, e se isolou como o terceiro maior artilheiro da história do clube francês com 111 tentos, dois a mais que Pauleta.

Após a atuação de gala, Mbappé falou sobre as especulações sobre seu futuro. Sonho de consumo do Real Madrid, o francês despistou sobre uma possível saída do PSG.

“Seria estúpido decidir meu futuro por um jogo. Sempre quis dar o melhor de mim com o PSG, é uma camisa que me toca o coração. Nem sempre tive sucesso, ainda posso perder jogos, mas nunca na vida vou me esconder, mesmo que cometamos erros. Hoje meu trabalho árduo compensa. A verdade é que se trata de refletir para o longo prazo. Sempre disse que sou feliz aqui, e jogos como esse contribuem para isso”, disse aos microfones da RMC Sport.

Com o hat-trick, Mbappé chegou ao quinto gol na atual edição da Liga dos Campeões e está um atrás de Rashford, Haaland, Morata e Neymar, artilheiros do torneio. Na temporada, o camisa 7 balançou as redes 21 vezes em 29 partidas. Apesar do bom momento, o atacante manteve os pés no chão.

“Estamos muito contentes. É um jogo muito importante para nós. Queríamos vir aqui e ganhar. Foi o que fizemos. É maravilhoso, mas não ganhamos nada. Estamos muito focados nos nossos objetivos, temos um jogo importante no domingo pelo Campeonato Francês, porque não somos os primeiros. Vamos ter que voltar a nossa cabeça na Ligue 1″, afirmou.

Atualmente, o PSG é o vice-líder do Campeonato Francês com 54 pontos, um a menos que o Lille. O time parisiense não começou bem a competição e faz uma campanha de recuperação com o novo técnico Mauricio Pochettino. Mbappé elogiou o comandante, mas também destacou o trabalho anterior de Thomas Tuchel.

“É uma continuidade. O treinador (Pochettino) tem feito um trabalho maravilhoso desde que chegou, mas deu continuidade ao trabalho de Thomas Tuchel, que nos levou à final (da Liga dos Campeões) na temporada passada. O início da temporada foi perturbador por vários fatores, com a covid-19, a falta de preparação. Mas estamos começando a melhorar fisicamente, mesmo que ainda não estejamos no auge da nossa forma. Tentaremos continuar a progredir”, concluiu.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.