Campeonatos

Mauricio Souza minimiza os desfalques do Flamengo

Gazeta
Gazeta Esportiva

11 de junho de 2021 - 18:08 - Atualizado em 11 de junho de 2021 - 18:15

O Flamengo que enfrentou o Coritiba sofreu com desfalques. A lista foi grande. O zagueiro Rodrigo Caio e o atacante Gabigol estavam com a Seleção Brasileira principal. O segundo inclusive entrou em rota de colisão com a diretoria. Dos três convocados, apenas o meia Éverton Ribeiro foi utilizado. Mas mesmo assim não suportou os noventa minutos.

O volante Gérson e o atacante Pedro estavam com a Seleção Brasileira olímpica. Além disso o lateral-direito Mauricio Isla ficou com a seleção chilena e os meias Max e Arrascaeta testaram positivos para covid-19. O volante Thiago Maia está fazendo a transição do departamento médico para a preparação física.

Apesar disso o Flamengo fez um bom primeiro tempo e abriu o placar. Mas o resultado ficou 1 a 0 com o time caindo de produção no segundo tempo. Apesar disso o técnico Mauricio Souza minimizou os desfalques.

“Acredito que no segundo tempo o Coritiba adiantou a sua linha ofensiva e isso nos criou problemas. Fomos seletivos, controlamos o jogo. Não creio que foram os desfalques que fizeram a gente diminuir a intensidade, mostramos que temos elenco”, disse ele.

Com o 1 a 0, o time carioca joga pelo empate no duelo da volta. O Flamengo reencontra o Coritiba, com a vantagem do empate, na próxima quarta-feira, às 21h30 (de Brasília), no Maracanã. Mas antes disso se concentra no Brasileirão. O Flamengo encara o América-MG no domingo, às 16 horas, também no Maracanã.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.