Esportes

Marcelo Fernandes valoriza base do Santos e vê boa impressão para Holan: “De encher os olhos”

Gazeta
Gazeta Esportiva

26 de fevereiro de 2021 - 00:05 - Atualizado em 26 de fevereiro de 2021 - 00:30

Marcelo Fernandes elogiou os jovens jogadores do Santos após a derrota por 2 a 0 para o Bahia na noite desta quinta-feira, na Fonte Nova, pela 38ª e última rodada do Campeonato Brasileiro.

Dos 16 utilizados na partida, 14 passaram pela base do Peixe. O Alvinegro já estava classificado para a Pré-Libertadores e terminou a competição em oitavo, com essa oportunidade de rodar o elenco e mostrar serviço para Ariel Holan.

“Tivemos uma conversa produtiva. Eu, Jorge, Arzul, todos os departamentos falaram. Ariel (Holan) é uma pessoa que sabe tudo que acontece no Santos. Nos deixou tranquilos, deixou ambiente leve. O que ele passou foi tranquilidade, para tocarmos o jogo, sabendo da dificuldade pela quantidade dos meninos. Falou que queria analisar os jogadores que aqui estão e meninos foram muito bem. Fizemos grande partida, independentemente do resultado. Não queríamos perder, o segundo gol foi de misericórdia com minha equipe toda na frente. E o primeiro gol foi de bola parada. Tivemos mais posse de bola, finalizações iguais e eles aproveitaram. Demos azar. Saio daqui muito feliz com o que esses meninos de 16, 17, 18 anos. É de encher os olhos do torcedor”, disse Marcelo.

“Prontos, sim, até porque têm maturação pela necessidade do clube. Maturação abrupta até. São garotos de personalidade. Terminamos com 10. É bom para o clube que vive problema sério extracampo em termo financeiro. Garotos valem outro, têm futuro brilhante. Santos está bem servido com os que vieram e os que não vieram. E o Ariel terá um grande grupo para trabalhar”, completou.

O Santos deve utilizar o Paulistão como laboratório, já que ainda está impossibilitado de contratar jogadores e vive situação financeira difícil.

“Fiquei feliz por todos. Todos que entraram deram algo produtivo e nos deram esperança. Sabíamos que alguns não tinham oportunidade e foi jogo bom para quebrar essa casca e entrarem de vez no profissional. Ângelo fez primeiro tempo primoroso, sabíamos que sentiria no segundo tempo. Todos foram bem e estou feliz pelos meninos”, avaliou Marcelo Fernandes.

“Ariel tem cuidado grande, estamos planejando tudo. Vai usar esses meninos porque é o perfil dele. Já usávamos com Cuca, que revelou vários da base e quebrou essa casca. Outros chegam… Quem ganha é o Santos e aqui estamos para dar respaldo ao Ariel. Se Deus quiser esse time vai dar liga e dar um futuro brilhante para o Santos. Demonstram personalidade, não se esconderam, não ficaram acuados. Meninos levaram gol de bola parada, tivemos várias oportunidades do empate. Levo de positivo o conjunto e acho que Santos está de parabéns pelo jogo, mesmo sem o resultado. Muita coisa positiva para começar o Campeonato Paulista”, concluiu.

O Santos voltará a campo para enfrentar o Santo André no domingo, no Canindé, pela primeira rodada do Campeonato Paulista. O Bahia visitará o Salgueiro, pela Copa do Nordeste, no mesmo dia.

O Peixe seguirá com o auxiliar Marcelo Fernandes e time alternativo diante de Santo André e Ferroviária. Com o retorno dos titulares, o novo técnico Ariel Holan deve estrear no clássico contra o São Paulo, dia 6, no Morumbi.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.