Esportes

Marcelo Fernandes explica Jobson adiantado e fala sobre desfalques contra a LDU

Gazeta
Gazeta Esportiva

22 de novembro de 2020 - 09:00 - Atualizado em 23 de novembro de 2020 - 20:00

Durante a derrota do Santos para o Athletico-PR, na Arena da Baixada, pelo Campeonato Brasileiro, o volante Jobson atuou em uma função mais adiantada, como um meia. Em entrevista coletiva após a partida, o auxiliar Marcelo Fernandes, que comanda a equipe até o retorno de Cuca, explicou a escalação do camisa 8.

“A intenção de colocar o Jobson ali era de usar um jogador que não vamos ter contra a LDU (suspenso), isso era uma certeza que já tínhamos. Um jogador que também vinha de recuperação de covid-19, e optamos por ele ali já pensando no jogo lá de Quito, em que não vamos poder contar com ele. Tudo isso em virtude de muitos testes que tivemos que aguardar. Optamos pelo que achamos melhor em conjunto com a comissão técnica”, declarou.

Marcelo Fernandes também falou sobre os desfalques para o duelo contra a LDU, pela Copa Libertadores. Recuperados da covid-19, o goleiro João Paulo, o lateral direito Madson e volante Sandry voltaram a testar positivo na última sexta-feira e estão fora do confronto.

“Hoje perdemos três jogadores, esperamos os testes até as 14h, 14h30, momentos antes de ir para a preleção. São os casos do Madson, João Paulo e Sandry, os três acusaram no teste. São jogadores que já voltaram, é uma situação que a gente até fica perplexo. Não temos certeza de nada. Tivemos que trabalhar o time de hoje em cima disso. Para o jogo de Quito, vamos sentar, conversar e ver como todo mundo vai estar para montarmos aquilo que é melhor”, disse.

“É um turbilhão de coisas acontecendo ao mesmo tempo. Mas, graças a Deus, as coisas estão melhorando, os jogadores estão voltando, a comissão técnica está voltando, tudo está voltando à normalidade, e com certeza vamos fazer um grande jogo. E semana que vem todos estaremos juntos, com a volta do Cuca e do Cuquinha”, completou.

O Santos encara a LDU na próxima terça-feira, às 19h15 (de Brasília), na altitude de Quito, no Equador, pelo jogo das oitavas de final da Libertadores da América.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.