Esportes

Marcelo Fernandes elogia Cuca e agradece ao Santos: “Eu tenho muita sorte”

Gazeta
Gazeta Esportiva

14 de novembro de 2020 - 18:29 - Atualizado em 14 de novembro de 2020 - 21:15

Marcelo Fernandes teve a responsabilidade de dirigir o Santos na vitória por 2 a 0 sobre o Internacional neste sábado, na Vila Belmiro, pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro.

A covid-19 acometeu o técnico Cuca, os auxiliares Eudes e Cuquinha e o preparador físico Omar Feitosa. Dessa forma, o auxiliar Marcelo Fernandes comandou o time ao lado de Bebeto Sauthier, coordenador da análise de desempenho.

Marcelo disse que tem “muita sorte” na coletiva de imprensa.

“Não existe substituição. É muito difícil. Estou aqui esperando para ele voltar, não vejo como substituição. Eu tenho muita sorte. Estive oito anos e trabalhei com grandes treinadores. Trabalho num grande clube e que me trouxe de volta. Hoje trabalho com outro grande técnico, o Cuca. Essa vitória é para eles e todos os jogadores. As coisas vão voltar ao normal e para mim é um privilégio fazer parte da comissão técnica dele”, disse Marcelo Fernandes.

O Santos teve 15 desfalques, 11 deles por covid-19: Alison, Alex, Ângelo, Diego Pituca, Jean Mota, João Paulo, Jobson, Lucas Veríssimo, Madson, Sandry e Vladimir. Soteldo (seleção da Venezuela) e Sánchez, Raniel e Renyer (no departamento médico) também foram ausências. Dos 23 relacionados, 16 passaram pelas categorias de base.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.