Esportes

Marcelo Fernandes elogia Cuca e agradece ao Santos: “Eu tenho muita sorte”

Gazeta
Gazeta Esportiva

14 de novembro de 2020 - 18:29 - Atualizado em 14 de novembro de 2020 - 21:15

Marcelo Fernandes teve a responsabilidade de dirigir o Santos na vitória por 2 a 0 sobre o Internacional neste sábado, na Vila Belmiro, pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro.

A covid-19 acometeu o técnico Cuca, os auxiliares Eudes e Cuquinha e o preparador físico Omar Feitosa. Dessa forma, o auxiliar Marcelo Fernandes comandou o time ao lado de Bebeto Sauthier, coordenador da análise de desempenho.

Marcelo disse que tem “muita sorte” na coletiva de imprensa.

“Não existe substituição. É muito difícil. Estou aqui esperando para ele voltar, não vejo como substituição. Eu tenho muita sorte. Estive oito anos e trabalhei com grandes treinadores. Trabalho num grande clube e que me trouxe de volta. Hoje trabalho com outro grande técnico, o Cuca. Essa vitória é para eles e todos os jogadores. As coisas vão voltar ao normal e para mim é um privilégio fazer parte da comissão técnica dele”, disse Marcelo Fernandes.

O Santos teve 15 desfalques, 11 deles por covid-19: Alison, Alex, Ângelo, Diego Pituca, Jean Mota, João Paulo, Jobson, Lucas Veríssimo, Madson, Sandry e Vladimir. Soteldo (seleção da Venezuela) e Sánchez, Raniel e Renyer (no departamento médico) também foram ausências. Dos 23 relacionados, 16 passaram pelas categorias de base.