Bastidores

Marcelo Cabo minimiza substituição de Juninho contra o Cruzeiro

Gazeta
Gazeta Esportiva

26 de junho de 2021 - 10:21 - Atualizado em 26 de junho de 2021 - 10:30

O Vasco foi derrotado pelo Cruzeiro na última quinta-feira, por 2 a 1, e perdeu a chance de colar no G-4 da Série B do Campeonato Brasileiro. Porém, um fato chamou a atenção dos cruzmaltinos durante o jogo.

O volante Juninho entrou no intervalo na vaga de MT, mas acabou substituído antes do fim. Dando lugar a Daniel Amorim. Após a partida, o técnico vascaíno Marcelo Cabo minimizou a troca.

”Foi uma situação na qual precisava colocar o Daniel. Optei por tirar um volante, tinha o Pec e o Marquinhos Gabriel jogando por dentro. Quis ter dois caras na área, o Daniel e o Cano. Foi circunstancial”, disse.

O comandante tratou de elogiar Juninho: ”Ele cumpriu bem os 40 minutos. Ele demorou uns 15 minutos para encaixar na função que dei a ele e nos deu volume no meio. Eu precisava fazer uma alteração mais ousada. Eu tinha que abrir mão de um meio-campo ou do Zeca. Criamos pelo menos três boas oportunidades de empatar o jogo. Eu precisava arriscar, mas a saída do Juninho foi única e exclusivamente pelo desenho tático que eu precisava com Daniel e Cano na frente”, declarou.

Agora, pela sétima rodada, o Vasco vai em busca da recuperação neste domingo, contra o Brusque, em São Januário, às 21h (de Brasília).

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.