Basquete

Marcelinho é eleito o melhor jogador latino-americano na Liga Espanhola de basquete

Gazeta
Gazeta Esportiva
Marcelinho é eleito o melhor jogador latino-americano na Liga Espanhola de basquete

10 de setembro de 2020 - 16:30 - Atualizado em 10 de setembro de 2020 - 17:02

O brasileiro Marcelinho Huertas, jogador do Iberostar Tenerife, foi considerado o melhor jogador latino-americano da Liga ACB, a Liga Espanhola de basquete, da temporada 2019/2020. Ele recebeu o troféu em San Cristóbal de La Laguna, na Espanha.

É a segunda vez que o armador ganha tal honraria. Durante esta temporada, ele foi escolhido oito vezes como o melhor jogador latino-americano da rodada. “É um orgulho estar aqui e receber este troféu, pois somos muitos atletas latino-americanos jogando na Liga ACB; e jogadores de alto nível, que são reconhecidos internacionalmente por suas seleções. Por isso, é uma honra poder receber o troféu e fazê-lo, também, com a camisa do Iberostar Tenerife”, disse o brasileiro.

(Foto: Divulgação)

Marcelinho dedicou o prêmio à sua equipe, a qual diz que fez tornar possível esta conquista. “Queria agradecer aos meus companheiros acima de tudo, porque, sem eles, nada disso seria possível. Se o time não tivesse se saído bem, não teria a opção de ganhar esse troféu. Também quero agradecer à comissão técnica e, sem dúvida, aos torcedores, que nos apoiam dia após dia, apesar de tudo ”, declarou.

O ex-Los Angeles Lakers ficou em primeiro lugar somando 132 pontos. Na sequência, o argentino Gabriel Deck, do Real Madrid, com 76 pontos, e o também argentino Nico Brussino, do Casademont Zaragoza, com 68 pontos, na segunda e terceira posições, respectivamente.

Mesmo com esse prêmio, o brasileiro mantém os pés no chão para conseguir ter o foco necessário para continuar com este nível de desempenho. “Se quero ter a opção de continuar lutando por coisas assim, tenho que continuar trabalhando muito com os meus companheiros. O esporte nunca para e quem para de melhorar fica para trás. Sempre procuro olhar para a frente. Acho que isso tem que ser o pensamento de um jogador que almeja continuar a ter sucesso ano após ano”, finalizou.