Futebol

Luxemburgo avalia greve do Cruzeiro como “saudável”

Gazeta
Gazeta Esportiva

21 de outubro de 2021 - 16:29 - Atualizado em 21 de outubro de 2021 - 16:45

Depois dos jogadores do Cruzeiro retornarem às atividades na Toca da Raposa, o técnico Vanderlei Luxemburgo falou, nesta quinta-feira, pela primeira vez sobre a greve realizada pelo elenco do time mineiro, que buscavam a pagamento dos salários atrasados. O treinador avaliou o ato como algo “saudável”.

“Importante é que o movimento aconteceu de maneira saudável. Não foi aquela coisa da torcida vir aqui e quebrar o CT porque os jogadores são mercenários, isso ou aquilo, não tem mercenário nenhum. Os jogadores estão dentro de uma responsabilidade, dedicando-se, estou muito satisfeito. Estou satisfeito de estar em um ambiente como o do Cruzeiro”, afirmou o treinador.

Logo após o empate em 0 a 0 diante do Botafogo, no dia 13 de outubro, os jogadores da Raposa anunciaram que iriam paralisar os treinamentos, em virtude dos sequentes atrasos salariais. Depois de três dias do anúncio, o presidente Sérgio Rodrigues se reuniu com o grupo de atletas e mostrou alguns números da situação financeira do clube, mas sem apresentar soluções para os pagamentos.

No dia 16 de outubro, os jogadores do time mineiro voltaram a se posicionar nas redes sociais para anunciar o fim da greve. De acordo com a carta aberta, os atletas afirmaram ter “hombridade e profissionalismo” e que, diante da preocupação dos torcedores, não iriam prejudicar a instituição.

Luxemburgo ainda ressaltou que, por conta da situação que o Cruzeiro enfrenta, os jogadores tinham o direito de buscar uma solução e que a greve não tinha intenções contra o clube.

“É uma posição em que momento algum se insurgiram contra o clube. É muito importante falar. Era uma reivindicação de direitos adquiridos que eles tinham e têm. Foram colocar isso para o clube buscar uma solução. Teve a reunião, a conversa inteligente de ambas as partes, a diretoria se colocou à disposição de buscar a solução dos problemas que estão passando juntamente com os funcionários e o Cruzeiro voltar a uma normalidade”, finalizou.

Atualmente na 12ª colocação, o Cruzeiro volta a entrar em campo pela Série B do Campeonato Brasileiro nesta sexta-feira, às 21h30, para encarar o Avaí, na Ressacada, pela 31ª rodada.