Esportes

Luxa vê Zé Rafael expulso “para compensar”, mas acha justo empate contra o Sport

Gazeta
Gazeta Esportiva

13 de setembro de 2020 - 22:46 - Atualizado em 14 de setembro de 2020 - 00:00

Vanderlei Luxemburgo ficou insatisfeito com a arbitragem de Diego Pombo Lopez no empate contra o Sport, registrado na noite deste domingo, pelo Campeonato Brasileiro. Ainda assim, o técnico do Palmeiras considerou justo o resultado da partida disputada no Allianz Parque.

Com o Palmeiras vencendo por 2 a 1 e um a mais em campo desde o cartão vermelho a Sander, Zé Rafael acabou expulso após receber dois amarelos em lance que gerou intensa reclamação. Pouco depois, o Sport conseguiu chegar ao empate por meio de Lucas Mugni.

“A expulsão do Zé Rafael foi para compensar. Não tenho dúvida. Não é porque você já tem um amarelo que deve tomar o segundo se faz uma falta. Só se for merecido. A falta do Zé Rafael não era para cartão amarelo. Foi totalmente desnecessário e equivocado. Isso trouxe um prejuízo para nós”, reclamou Luxa.

O técnico do Palmeiras também considerou que o goleiro Luan Polli deveria ter sido advertido por procurar ganhar tempo desde o início da partida. Ao analisar o placar final do confronto com o adversário pernambucano, porém, Vanderlei Luxemburgo não reclamou.

“Não fizemos um jogo para merecer a vitória convencendo. Então, vamos dizer que o empate foi justo, apesar de alguns lances que tivemos para matar o jogo. Vamos continuar”, declarou o treinador, já que Willian desperdiçou duas boas oportunidades na etapa complementar.

Único time ainda invicto no Campeonato Brasileiro, o Palmeiras contabiliza 17 pontos ganhos em nove partidas e figura na sexta colocação. Às 21h30 (de Brasília) desta quarta-feira, pela terceira rodada da Copa Libertadores, o time alviverde entra em campo para encarar o Bolívar, no Estádio Hernando Siles.