Campeonato Paulista

Luxa rejeita comparações de jovem herói com Vieira e Pogba: “Ele é o Patrick!”

Gazeta
Gazeta Esportiva

10 de agosto de 2020 - 14:33 - Atualizado em 10 de agosto de 2020 - 19:30

Responsável por converter a cobrança decisiva contra o Corinthians, o jovem Partrick de Paula terminou o Campeonato Paulista como herói. Questionado sobre comparações com os franceses Patrick Vieira e Paul Pogba, o experiente técnico Vanderlei Luxemburgo respondeu em tom de alerta nesta segunda-feira.

Promovido ao time titular, Patrick de Paula fez uma partida consistente contra o Corinthians e, com o empate, pediu ao treinador para executar a quinta cobrança no Allianz Parque. Com um chute no ângulo de Cássio, o jovem de apenas 20 anos assegurou o título e passou a ser comparado com os astros franceses.

“Cometeu erros importantes dentro do jogo e poderia até haver uma discussão diferente sobre ele agora. Cabe a mim corrigir esses erros, que passaram despercebidos porque ganhamos o título. Estão falando Pogba, mas poderia ser o Pogbost(…), se tivéssemos perdido por causa dos erros dele”, alertou Luxa.

Formado nas categorias de base do Palmeiras, Patrick de Paula foi captado pelo clube enquanto atuava no futebol amador do Rio de Janeiro, em 2017 – ele chegou a disputar a Taça das Favelas e o Campeonato Carioca Amador. Herói do título paulista, o meio-campista disputou apenas 14 partidas pelo time principal.

“Tem que botar o pezinho no chão e saber que, há alguns anos, estava disputando campeonato de favela. Agora, tem a chance de se tornar um profissional de futebol, com os pés no chão e sem comparação com ninguém. Ele é o Patrick! Com possibilidade de crescimento e de buscar espaço”, afirmou Luxa, com a cautela de que tem 68 anos.

“Vocês estão colocando como Patrick Vieira, Pogba. É só o Patrick. Se achar que é alguma coisa a mais, está errado e você vai ser o primeiro a dar porrada. Se vir que o jogador não consegue render, vai falar: ‘Pô, esse cara enganou a gente, não joga nada’. Ele tem que ser o Patrick”, reiterou o treinador.