Esportes

Luxa absolve Esteves por pênalti e vê lesão de Luan como ponto de desequilíbrio

Gazeta
Gazeta Esportiva

10 de outubro de 2020 - 22:28 - Atualizado em 10 de outubro de 2020 - 22:45

Da beira do campo do Allianz Parque, Vanderlei Luxemburgo testemunhou a derrota do Palmeiras diante do São Paulo na noite deste sábado, pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro. Ao analisar o clássico, o técnico absolveu o lateral esquerdo Lucas Esteves pelo pênalti e citou a lesão do zagueiro Luan como ponto de desequilíbrio.

Em sua primeira partida na temporada, o jovem Esteves cometeu pênalti sobre Igor Vinícius no segundo tempo e viu Reinaldo converter a cobrança. Nos acréscimos, já após a saída do lateral esquerdo para a entrada de Danilo, o São Paulo aumentou por meio de Vitor Bueno.

“O Lucas foi bem no primeiro tempo e disputou a primeira partida no ano. É garoto, mas esteve bem no jogo e passou bem a bola. O pênalti faz parte. Não tem que responsabilizá-lo por isso. Perdemos a bola em uma saída por desatenção e ela voltou”, absolveu Luxa.

Após o primeiro gol do São Paulo, o técnico palmeirense rapidamente promoveu suas cinco alterações, mas, pouco depois, Luan sentiu lesão. Assim, o zagueiro passou a apenas fazer número no campo de ataque e o veterano Ramires acabou recuado à zaga.

“Mudou toda a estrutura da equipe. A partir daí, o São Paulo dominou o jogo. Mas, até a lesão do Luan, com as mexidas que fizemos, a partida estava equilibrada, mesmo com o São Paulo ganhando por 1 a 0. O Luan foi para a frente e o Ramires ficou de zagueiro. Abriu muito, ficou muito espaço, totalmente desarrumada a equipe”, disse Luxa.

Com duas derrotas consecutivas no Campeonato Brasileiro, o Palmeiras segue com 22 pontos e figura na quinta colocação. Pela 16ª rodada, o time comandado por Luxa volta a campo para enfrentar o Coritiba às 18 horas (de Brasília) desta quarta-feira, novamente no Allianz Parque.