Esportes

Luan volta a brilhar com a camisa do Grêmio e ressalta: ‘Só quero ajudar o time’

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais

27 de setembro de 2019 - 00:00 - Atualizado em 27 de setembro de 2019 - 00:00

Para o técnico Renato Gaúcho, no elenco do Grêmio não existe diferença entre titulares e reservas, mas ultimamente o atacante Luan vinha ficando de lado do time. Aos poucos, porém, ele parece readquirir a sua melhor forma, tanto que voltou a brilhar nesta noite de quinta-feira na goleada sobre o Avaí, por 6 a 1. E deixou o campo disposto a ajudar, mesmo discurso dos seus companheiros.

“Estou me sentindo bem e pronto para jogar, mas é claro que quem manda é o professor. Acho que fizemos um grande jogo coletivo e por isso vencemos com facilidade. Eu só quero ajudar o time”, resumiu Luan, confirmado como maior artilheiro da nova Arena Grêmio, com 41 gols, dois na frente de Éverton, com 39. Luan já tinha marcado um gol na vitória por 3 a 0 sobre o Santos, na Vila Belmiro, na rodada passada.

O time gaúcho marcou 16 gols nos últimos quatro jogos e venceu todos estes confrontos. E para alguns tudo por causa da presença de Diego Tardelli no ataque. Para o atacante, que abriu o placar nesta quinta, os gols no início facilitam o time a alcançar vitórias elásticas. “Os gols nos deram mais tranquilidade, mesmo porque impuséssemos a qualidade do nosso grupo. Estou me sentindo mais ambientado e em condições de ajudar o Grêmio”, assegurou.

O atacante Luciano não escondia a alegria por ter marcado o primeiro gol com a camisa gremista, o quarto do jogo, que saiu após uma bela troca de passes entre os atacantes e terminou com um chute forte no ângulo. “É uma sensação indescritível. Eu estava precisando deste gol, porque vinha trabalhando e nunca desanimei”, revelou.

O lateral Bruno Cortez também não cansava de falar do seu gol, o segundo pelo time em 128 jogos com a camisa gremista. “É uma alegria muito grande poder comemorar com a torcida. Acho que estamos crescendo de produção ao mesmo tempo e isso vai nos ajudar, tanto no Brasileiro como na Libertadores”, disse.

A comissão técnica já antecipou a viagem para o Rio nesta sexta-feira à tarde, embora só vá enfrentar o Fluminense domingo no Maracanã. A ideia é usar uma formação alternativa ou revezar este time que atuou nesta goleada. Tudo por conta do jogo de ida da semifinal da Libertadores, contra o Flamengo, na próxima quarta-feira, em Porto Alegre.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.