Corinthians

Luan diz acreditar em reviravolta na Corinthians: “Estou me dedicando”

Gazeta
Gazeta Esportiva

30 de março de 2021 - 12:15 - Atualizado em 30 de março de 2021 - 12:30

O meia Luan, do Corinthians, falou sobre seu atual momento no Timão. Pouco utilizado por Vagner Mancini e cobrado pelas atuações em campo, o jogador de 28 anos acredita na sua recuperação e afirma estar se dedicando para voltar a jogar o que jogou no Grêmio.

“O que eu fiz não foi à toa, sei da minha capacidade. Acredito, sim, que possa voltar a jogar da forma que estive no Grêmio. Estou me dedicando para que isso volte o mais rápido possível”, disse Luan ao Globo Esporte.

O atleta também falou sobre uma possível incompatibilidade entre seu estilo de jogo, de aproximação e tabela, com o de Vagner Mancini, que gosta de equipes mais intensas e verticais. “Acho que é essa minha característica desde todos os anos como profissional. O Grêmio sempre jogou assim, então me adaptei assim. Jogo de aproximação, porque os meus companheiros eram assim. Foram vários anos jogando essa maneira. Mas, para mudar, não há dificuldade. Com meus companheiros, treinando no dia a dia, a gente já entendeu a maneira de o Mancini de trabalhar. Estou à disposição e vou dar meu melhor para ajudar o Corinthians”, disse o jogador nascido em São José do Rio Preto.

Questionado sobre a pressão externa que sofre, Luan garantiu que a maior pressão é a que ele coloca sobre si mesmo. “Isso não me afeta, não. Acho que eu tenho a minha cobrança, e ela é todos os dias. Claro que recebo as críticas da melhor forma, tento tirar o que é bom, mas não interfere. Sei da minha capacidade. Eu me cobro no dia a dia. O que vem de fora não me atinge” comentou o meia.

Luan encontra problemas desde que chegou ao Corinthians. Após começo animador, o meia foi perdendo espaço com os treinadores e pouco vem jogando com Mancini. No total, são até aqui 45 jogos, cinco gols marcados e três assistências. Adquirido por R$ 28,9 milhões no início de 2020, o Timão soltou uma errata revelando que possui apenas 50% dos direitos econômicos do atleta.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.