Automotivos

Leclerc nega protagonismo com Sainz e elogia futuro companheiro

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais
Leclerc nega protagonismo com Sainz e elogia futuro companheiro

25 de maio de 2020 - 00:00 - Atualizado em 25 de maio de 2020 - 00:00

A partir da temporada 2021, a Ferrari terá sua dupla mais jovem de pilotos na história da Fórmula 1. Com a não renovação de Sebastian Vettel, a escuderia optou por Carlos Sainz, ex-Renault, para compor o time do ano que vem. O espanhol terá ao lado o monegasco Charles Leclerc, uma das sensações da categoria e que deve ser o protagonista da equipe, apesar de negar.

Leclerc tem contrato com a Ferrari até 2024 (Foto: Reprodução/ Ferrari)

“Não vou ser o número 1 na Ferrari. Penso que Carlos é um piloto fabuloso, e se isso ainda não for óbvio para as pessoas, ele provará isso na Ferrari a partir de 2021. Será um grande desafio para mim”, falou Leclerc para o jornal L’Equipe.

Leclerc chegou na escuderia de Maranello no último ano e superou as expectativas, ao fechar o Mundial em quarto, vencendo duas corridas e conquistando 10 pódios. Já Sainz, fez seu primeiro ano na Renault também em 2019 para participar do planejamento da equipe francesa e concluiu a temporada em sétimo, com direito a um pódio heroico no GP Brasil.

Em 2021, a média de idade da Ferrari será de 24 anos, com 22 de Leclerc e 25 de Sainz. O último título da montadora italiano foi em 2007 com Kimi Raikkonen.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.