Esportes

Laura Pigossi e Luisa Stefani avançam para as quartas de final do tênis de duplas

Gazeta
Gazeta Esportiva

27 de julho de 2021 - 08:34 - Atualizado em 27 de julho de 2021 - 09:45

Nesta terça-feira, Laura Pigossi e Luisa Stefani entraram em quadra pelo torneio de duplas do tênis feminino. As brasileiras venceram Karolina Pliskova e Marketa Vondrousova, da República Tcheca, por 2 sets a 1, e se classificaram para as quartas de final.

As tchecas venceram o primeiro set por 6 a 2. Na sequência, as brasileiras reagiram e levaram o segundo set por 6 a 4. No desempate, Laura Pigossi e Luisa Stefani conseguiram uma vitória por 13 a 11. A partida teve duração de 1h31.

“Foi um baita jogo. A sensação é de alívio. Estávamos a quatro match points abaixo. Nesse tipo de competição não importa contra quem a gente joga. Estamos aqui para vencer, para jogar pelo Brasil. Dar nosso melhor em todos os pontos. São duas ótimas jogadoras, mostraram isso (as atletas da República Tcheca Karolina Pliskova e Marketa Vondrousava). Acho que demos uma vacilada no primeiro set, eu não estava fazendo o meu básico bem, o segundo saque atrapalhou a gente. Mas acho que a agente queria muito mais que elas no final. Nossa energia estava em outro nível. Fizemos o que tínhamos que fazer e no final era uma questão de quem queria mais”, falou Luisa.

“Começamos a virar quando a gente ganhou o segundo set. Eu estava me sentindo muito bem. A partir dali, o momento veio para o nosso lado. Nossas adversárias ficaram bravas uma hora. Sacamos bem naquela game. Dupla é assim, é questão de um ponto ou outro que muda, mudou a energia, sentimos que começamos a crescer e elas puxaram um pouco. E no tie brake foi o mesmo, eu não pensei no resultado, eu pensei em cada ponto. Eu falei ‘Laura, foca no que tem que fazer e esquece o resultado’. E a gente fez”, completou.

Laura falou sobre a sensação de defender o Brasil nos Jogos Olímpicos.

“A diferença de estar em Jogos Olímpicos é que antes de entrar em quadra a música que a gente ouve é o Hino do Brasil. Ai já fala tudo. Já arrepia e a gente joga com o coração, joga com a alma. A gente joga pelo Brasil, é uma nação, a gente não joga pela gente. Todo mundo no Brasil mandando mensagem, energia positiva, a gente se sente jogando com ele e por eles”, Laura.

Na próxima fase, a dupla brasileira enfrentará as americanas Bethanie Mattek-Sands e Jessica Pegula.

Vale lembrar que Stefani e Pigossi são as duas últimas representantes do tênis brasileiro na Olimpíada de Tóquio. Marcelo Melo e Marcelo Demoliner (que substituiu Bruno Soares, diagnosticado com apendicite), nas duplas masculinas, e Thiago Monteiro e João Menezes, no individual masculino, foram eliminados logo na estreia.