Barcelona

La Liga informa que não registrará saída de Messi sem pagamento da multa rescisória

Gazeta
Gazeta Esportiva

30 de agosto de 2020 - 09:39 - Atualizado em 30 de agosto de 2020 - 10:00

A saída de Messi do Barcelona tem sido o principal assunto do mundo do futebol. Uma das polêmicas nesta história é em relação à multa rescisória. O clube pretende receber os 700 milhões de euros estipulados, enquanto a equipe do atleta acredita que haja um brecha em seu contrato para que o argentino possa deixar a Catalunha sem custos. Neste domingo, a La Liga se posicionou.

Segundo a organizadora do Campeonato Espanhol, a situação não permite que o craque saia sem o pagamento da multa rescisória. Sendo assim, afirmou que não registrará a transferência do atleta sem que os 700 milhões sejam pagos. No comunicado, a entidade justifica a explicação dizendo que há informações equivocadas sendo divulgadas.

Pau Barrena/AFP

Enquanto isso, Messi não foi ao CT do Barça para os testes de covid-19, que serão realizados em todo o elenco antes do reinício da temporada. Vidal e Suárez, que não fazem parte dos planos do novo treinador, se apresentaram normalmente. O camisa 10 teria reforçado sua intenção de sair e comunicado o clube novamente de sua decisão.

Segundo a rádio catalã Ract1, Messi poderia deixar o clube sem o pagamento da multa, pois esta não estaria em vigor. Acredita-se que a justiça determinaria um valor de indenização, mas que este seria bem inferior aos 700 milhões de euros. Ainda segundo ao programa, a intenção do argentino é defender o Manchester City, mas PSG, Juventus e Inter de Milão também têm interesse.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.