Esportes

Kalil se revolta sobre possível volta do futebol: “Aqui em Belo Horizonte ninguém vai jogar”

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais

1 de maio de 2020 - 00:00 - Atualizado em 27 de maio de 2020 - 11:15

Com os rumores de que alguns times estão pretendendo voltar aos treinamentos e de que a própria Federação Mineira de Futebol já estuda o retorno do Estadual, o ex-presidente do Atlético-MG e atual prefeito da cidade de Belo Horizonte, Alexandre Kalil, afirmou nesta quinta-feira que vai proibir qualquer atividade esportiva na cidade.

“Aqui em Belo Horizonte, para voltar com o futebol, a FMF terá que conversar com o prefeito, que é quem manda na cidade e proibiu eventos. Aqui não vai abrir, a não ser que a Justiça mande. O prefeito não vai abrir, aqui não tem futebol. De acordo com o STF, quem manda na cidade é o prefeito. Se eles quiserem jogar na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas, aí tudo bem. Aqui em BH ninguém vai jogar”, disse em entrevista à ESPN.

Kalil foi eleito prefeito em 2016

Ao ser questionado sobre uma reunião que houve entre o presidente da FMF, Adriano Aro, com o governador Romeu Zema, para discutir o plano de volta do futebol em Minas Gerais, Kalil manteve seu posicionamento e criticou aqueles que pensam o contrário.

“Falar em voltar alguma coisa agora, como o futebol, que envolve muita gente, pelo menos 200 pessoas em uma partida, além de mais 11 caras que vão se estapear dentro de campo, é um descolamento total da realidade. Ninguém sabe o que é corpo em saco plástico. Pensar em futebol, agora, é coisa de débil mental”, afirmou.

O prefeito, que adotou rígidas medidas de isolamento social, ainda disse que se sente à vontade para falar do assunto, já que possui um filho médico, e comparou a doença a uma guerra. “O povo brasileiro não conhece guerra. Tivemos uma olimpíada suspensa, não tivemos Copa do Mundo por causa de guerra. O futebol é a coisa mais importante entre as menos importantes do mundo”.

Em Belo Horizonte, há 593 casos confirmados de coronavírus, sendo 17 mortes.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.