Botafogo

Justiça determina penhora de R$ 2,5 milhões do Botafogo

Gazeta
Gazeta Esportiva

16 de junho de 2021 - 11:27 - Atualizado em 16 de junho de 2021 - 12:00

O Botafogo tem sofrido com as penhoras desde que foi desligado do Ato Trabalhista. O último caso é o do ex-volante Leandro Guerreiro.

O jogador, que atuou entre 2007 e 2010 pelo Botafogo, entrou na Justiça em 2012 e conseguiu a penhora dos patrocínios do clube. No total do processo, os alvinegros terão que desembolsar mais de R$ 2,5 milhões. Com isso, a diretoria enfrentará problemas, visando não atrasar os pagamentos.

O Botafogo ganhou processo contra Willian Arão, mas a maior parte do valor que deve ser pago pelo atleta já está penhorada.

Os dirigentes do Alvinegro seguem buscando um jeito de voltar ao Ato Trabalhista, que impede a penhora de valores na Justiça.

Dentro de campo, o Botafogo enfrenta o Londrina, fora de casa, na quinta-feira. A partida, válida pela 4ª rodada do Brasileirão Série B, será disputada no Estádio do Café, às 19h00.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.