Esportes

Justiça aceita pedido e Werley consegue rescisão indireta com o Vasco

Gazeta
Gazeta Esportiva

18 de junho de 2021 - 16:38 - Atualizado em 18 de junho de 2021 - 16:45

O zagueiro Werley não vem sendo aproveitado nesta temporada. Sem conseguir ser negociado, o defensor entrou na Justiça contra o Vasco.

Nesta semana, a juíza Claudia de Abreu Lima Pisco, da 45ª Vara do Trabalho do Rio de Janeiro do Tribunal Regional do Trabalho da Primeira Região (TRT-1), aceitou o pedido do atleta para ter a rescisão de contrato indireta com os Cruzmaltinos.

Assim, Werley está livre para acertar com outro clube, mas segue processando o Vasco. O zagueiro pede mais de R$ 8 milhões por salários atrasados, FGTS, dano moral, décimo terceiro, cláusula compensatória, multas, entre outros pontos.

O contrato de Werley foi um dos casos que entraram no alvo da nova diretoria. Mesmo sem ser muito utilizado, o defensor teve seu vínculo renovado com um aumento salarial.

Dentro de campo, o Vasco recebe o CRB neste sábado, às 16h30 (de Brasília), em São Januário, pela Série B do Campeonato Brasileiro.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.