Bastidores

Juninho Paulista destaca fim da Copa América sem casos de covid na Seleção Brasileira

Gazeta
Gazeta Esportiva

9 de julho de 2021 - 21:26 - Atualizado em 9 de julho de 2021 - 21:45

Na véspera da finalíssima entre Brasil e Argentina, pela Copa América, a Seleção realizou os últimos exames de covid-19 para o torneio. Com os resultados negativos, a delegação encerra sua participação na Copa sem nenhum caso de infecção do novo coronavírus.

“Esses resultados mostram que nós temos um grupo muito responsável, ciente do compromisso que tem com cada companheiro. Para ser forte dentro de campo, precisamos ser fora dele também. E o respeito ao protocolo sanitário é uma grande demonstração disso”, comentou Juninho Paulista.

A Seleção Brasileiro realizou durante a Copa América cerca de 760 testes de covid-19. O coordenador de futebol do Brasil ainda ressaltou o esforço de toda a equipe e agradeceu a equipe médica.

“Quero agradecer os doutores Rodrigo Lasmar, Andréa Picanço e Felipe Kalil, que, junto com o esforço de todo o staff envolvido, nos deram a segurança para poder trabalhar em meio a esse momento tão difícil, que afeta tanta gente ao redor do mundo”, disse Juninho Paulista.

O médico da Seleção destacou a entrega e compromisso de todos durante os 45 dias de torneio.

“Lidar com a covid-19 no futebol é um desafio para todos nós. Por isso, é tão importante contar com um grupo como esse, que respeitou os protocolos passados pelo departamento médico e entendeu que cuidar de si é cuidar do próximo também”, declarou Rodrigo Asmar.

Brasil e Argentina decidem a final da Copa América neste sábado, às 21h, no Maracanã.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.