Esportes

Jorginho é apresentado como novo treinador do Coritiba, em coletiva

A estreia do treinador será neste domingo (30), às 16h contra o Sport, no Couto Pereira.

Andressa
Andressa Fernandes
Jorginho é apresentado como novo treinador do Coritiba, em coletiva
Divulgação/Coritiba

25 de agosto de 2020 - 23:31 - Atualizado em 25 de agosto de 2020 - 23:31

No fim da tarde desta terça-feira (25), Jorginho foi oficialmente apresentado como o novo treinador do Coritiba. Ao lado do presidente Samir Namur, ele respondeu perguntas enviadas pelos jornalistas em coletiva on-line.

Atualmente o Coritiba é o lanterna do Campeonato Brasileiro com três pontos em cinco jogos. Jorginho compreende urgência de deixar a zona de rebaixamento, mas afirma que o clube tem condições de evoluir na competição fazendo bons jogos.

“A posição que a gente se encontra agora é extremamente delicada. Nós precisamos muito sair da zona de rebaixamento, porque eu sei muito bem trabalhar diante dessa situação. Já aconteceu de eu assumir algumas equipes na zona de rebaixamento e não é simples assim. É claro que em primeiro lugar, foi o que aconteceu especificamente nesse jogo contra o Bragantino. A gente tem que jogar para construir uma vitória, os três pontos, mas eu sou um cara muito exigente. Eu gosto da minha equipe jogando bem, organizada e jogando com qualidade, mas não tenha dúvida: pra que a gente possa ter fôlego, a gente precisa sair urgentemente dessa zona de rebaixamento”, disse o treinador. 

No Coritiba, Jorginho fez 15 jogos, todos na reta final da Série B do ano passado. Foram nove vitórias, cinco empates e apenas uma derrota. Números que alcançam um aproveitamento de 71,1%. Sob o comando de Jorginho, o Coxa marcou 19 gols e sofreu 11.

“Foi uma conversa muito boa, em questão de horas fizemos o acerto e estou muito otimista com sua volta. Tenho uma convicção muito grande que vai dar certo”, destacou o presidente coxa-branca.

Namur também falou sobre a escolha do novo diretor executivo de futebol, Paulo Pelaipe. 

“Já conhecíamos o seu profissionalismo, seriedade, dedicação no dia a dia e, o principal de todos, a experiência que ele tem em Série A. Passou por grandes clubes, acabou de ser campeão Brasileiro e da Libertadores no Flamengo. Todos sabem a experiência que ele tem, que já passou por esse tipo de situação diversas vezes. São características consideradas por nós para fazer a escolha”. disse.  

A estreia do treinador será neste domingo (30), às 16h contra o Sport, no Couto Pereira. Acompanhe a transmissão ao vivo pela Rádio Triboleiros em parceria com o Ric Mais Esportes.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.