Atlético-MG

Jorge Sampaoli comemora vitória e prevê dificuldade na sequência do Brasileirão

Gazeta
Gazeta Esportiva

31 de janeiro de 2021 - 19:49 - Atualizado em 31 de janeiro de 2021 - 21:00

A vitória por 2 a 0 contra o Fortaleza na tarde deste domingo colocou o Atlético-MG na segunda colocação do Campeonato Brasileiro e deixou claro que o Galo está vivo na briga pelo título nacional. Mesmo com ausências importantes, como a de Keno e Diego Tardelli, a equipe conseguiu a vitória no Mineirão contra um adversário que preferiu apostar nos contra-ataques e na defesa.

Em entrevista concedida depois da partida, Jorge Sampaoli analisou o duelo deste domingo. “Um jogo em que nosso time jogou com muita tranquilidade e dominou do princípio ao fim. Tivemos dificuldade no primeiro tempo, pois o adversário ficou muito atrás. Poderíamos ter ganhado por uma diferença maior”, declarou.

O jogo deste domingo teve a ausência do atacante Keno, que sofreu uma ruptura de ligamento no cotovelo esquerdo e não tem previsão de retorno. Sampaoli também analisou como a equipe se adaptou à entrada de Eduardo Vargas em sua vaga.

“Gostei. Vargas tem bom jogo diagonal e boa profundidade. Tivemos que encontrar outra forma de atacar com a ausência de Keno, que nos dá muito um contra um e muitos benefícios na ponta esquerda. O time substitui a habilidade de Keno pela profundidade de Vargas e a chegada do Arana”, declarou.

O comandante do Galo também falou sobre o próximo compromisso do time, contra o Goiás pela 34ª rodada: “Só penso no Goiás agora, será um jogo muito complicado. Daqui até o final temos que ter claro que nosso protagonismo será fundamental para a posição que terminaremos. Cada jogo será muito complicado.”.

Dono do primeiro gol da partida, o lateral esquerdo Guilherme Arana falou sobre como se recuperou depois de falha há algumas rodadas: “O futebol proporciona momentos incríveis. Há dois jogos, tive a infelicidade em um lance que causou gol do adversário e derrota que poderíamos encostar no líder. Hoje, podendo ajudar, fico muito feliz. Mostra que erro não me abala, é normal acontecer. Jogo de ponta, meia, lateral, dou meu máximo para ajudar o clube.”

Além disso, o atleta do Galo comentou sobre a situação do time na briga pelo título do Campeonato Brasileiro. “Temos que acreditar na gente. São cinco finais. Vencemos uma hoje onde o Fortaleza veio para marcar, jogo difícil. Vale secar, eles também secam a gente para perder, empatar. Vamos descansar e na quarta tem que ganhar. Não podemos negociar empate ou derrota. Tem que ganhar”, concluiu.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.