Futebol Nacional

Jogo do Estadual do MS tem briga, tiro e policial correndo armado para prender jogador

A confusão se iniciou aos 28 minutos do segundo tempo, com uma discussão entre as comissões técnicas de ambos os times

Gazeta
Gazeta Esportiva
Jogo do Estadual do MS tem briga, tiro e policial correndo armado para prender jogador

15 de abril de 2021 - 21:48 - Atualizado em 16 de abril de 2021 - 10:38

A partida desta quinta-feira entre Aquidauanense e Águia Negra, pelo Campeonato Sul-Mato-Grossense, foi marcado por uma grande confusão. Após uma briga entre as equipes, a polícia apareceu, deu um tiro em direção ao chão e prendeu um dos jogadores.

A confusão se iniciou aos 28 minutos do segundo tempo, com uma discussão entre as comissões técnicas de ambos os times. A PM foi acionada para tentar apaziguar os ânimos, mas um dos policiais atirou para o chão e o meia Rafael Xavier, do Águia, caiu logo em seguida sentindo dores na perna. Porém, não é possível confirmar se ele foi atingido.

Depois, um dos policiais armados começou a correr atrás do zagueiro Felipe Virgulino, também do Águia Negra. Segundo a transmissão, a PM deu voz de prisão ao jogador.

A partida foi retomada após a confusão e o Aquidauanense venceu pelo placar de 3 a 1. Com o resultado, o Águia foi eliminado do Estadual, e o Aquidauanense avançou para o hexagonal final da competição.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.