Esportes

Jogador do LEC é novamente alvo de comentário racista em partida: “cabelo meio ninho de cupim”

Na partida contra o Clube do Remo, na série B do Brasileirão, o narrador da Rádio Clube do Pará usou o termo “ninho de cupim” para falar sobre o cabelo do meio campista

Bruna
Bruna Melo / Repórter
Jogador do LEC é novamente alvo de comentário racista em partida: “cabelo meio ninho de cupim”
Foto: Reprodução/Instagram

24 de julho de 2021 - 09:24 - Atualizado em 24 de julho de 2021 - 09:54

Em menos de uma semana, o jogador Celso Honorato foi novamente alvo de comentários durante partida do Londrina Esporte Clube (LEC) contra o Clube do Remo. No jogo desta sexta-feira (23), o radialista Cláudio Guimarães chamou o cabelo do meio campista, um black power, de “ninho de cupim”. A fala gerou revolta nas redes sociais e o LEC emitiu nota de repúdio. Veja o momento:

“O black power é símbolo de força e resistência e significa uma causa, uma luta! Nós não nos calaremos, não aceitaremos, qualquer ato, fala, atitudes racistas! Com certeza serão tomadas as providências cabíveis […]”, informou o LEC em posicionamento oficial. Confira a nota na íntegra:

Não nos calaremos, não aceitaremos, racismo não! O Londrina Esporte Clube, infelizmente, vem a público, reiteradamente, manifestar seu extremo repúdio pela fala racista do narrador Cláudio Guimarães, da Rádio Clube do Pará – Esporte em face do meio campo Celsinho.

Na transmissão da partida realizada entre Londrina Esporte Clube x Clube do Remo, pela 14ª rodada do Brasileirão- Série B, o radialista cita que o cabelo do meia era “ninho de cupim”. O black power é símbolo de força e resistência e significa uma causa, uma luta! Nós não nos calaremos, não aceitaremos, qualquer ato, fala, atitudes racistas! Com certeza serão tomadas as providências cabíveis, mas BASTA, respeito já, RACISMO NÃO!

nota do LEC.

A Rádio Clube do Pará também usou as redes sociais para se manifestar sobre o episódio. O veículo informou que Cláudio Guimarães foi afastado de imediato.

A Direção da Rádio Clube do Pará repudia as palavras proferidas pelo radialista Cláudio Guimarães a respeito do jogador Celsinho durante a transmissão do jogo entre Londrina e Clube do Remo.

A emissora rejeita, veementemente, qualquer tipo de discriminação e decidiu pelo afastamento imediato do profissional de sua equipe esportiva e pelo rigor na adoção das providências necessárias.

O Clube do Remo também se posicionou contra “qualquer manifestação de racismo e preconceito” ao jogador.

No sábado (17), Celso Honorato teve seu cabelo chamado de “bandeira de feijão” e “negócio imundo” pelo narrador Romes Xavier e o comentarista Vinicius Silva, durante partida do Tubarão contra o Goiás. Tanto Romes quanto Vinicius foram afastados dos cargos, na ocasião.

Celso Honorato e Cláudio Guimarães não se manifestaram publicamente, até o momento, sobre o ocorrido nesta sexta-feira (23).