Esportes

João Paulo lamenta desfalques e chances perdidas em derrota do Santos

Gazeta
Gazeta Esportiva

14 de outubro de 2020 - 22:58 - Atualizado em 15 de outubro de 2020 - 00:00

Depois de passar 12 jogos invicto, o Santos acabou derrotado pelo Atlético-GO, nesta quarta-feira, em plena Vila Belmiro. Após o apito final, o goleiro João Paulo lamentou as oportunidades desperdiçadas e também os desfalques da equipe.

“A gente teve uma chance clara no final, poderia ter saído com o empate, mas o Atlético fez um grande jogo e a gente sentiu um pouco os desfalques. É levantar a cabeça. Se a gente conseguiu ficar 12 jogos invicto, conseguimos ficar de novo”, disse o arqueiro aos canais Premiere.

Mais uma vez, o técnico Cuca precisou driblar os desfalques para escalar o Peixe. Desta vez, além de Carlos Sánchez (ruptura do ligamento do joelho), Raniel (em recuperação após cirurgia provocada por trombose), Vladimir (recuperação de cirurgia no pé) e Renyer (em transição aos gramados), que têm problemas médicos mais complicados, a equipe não pôde contar com Soteldo, convocado pela Venezuela, e Jobson, suspenso.

Além deles, Lucas Veríssimo (dor na panturrilha esquerda), Marinho (desconforto muscular na coxa esquerda) e Alison (inflamação na perna esquerda) foram preservados e ainda são dúvidas para encarar o Coritiba, neste sábado, às 17h (de Brasília).

A derrota para o Atlético-GO manteve o Santos estacionado com 24 pontos na sexta colocação. A equipe perdeu a chance de chegar a 27 e encostar nos líderes Atlético-MG e Internacional, que têm 31.