Corinthians

Jô tem pena reduzida pelo STJD e está livre para jogar pelo Corinthians

Gazeta
Gazeta Esportiva

30 de setembro de 2020 - 14:17 - Atualizado em 30 de setembro de 2020 - 14:45

O Pleno do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) decidiu na manhã desta quarta-feira reduzir a suspensão aplicada ao atacante Jô, do Corinthians. Em julgamento virtual, os auditores alteraram a punição de dois jogos para apenas uma partida por conta do lance envolvendo o zagueiro Diego Costa, do São Paulo.

Com isso, o camisa 77 está liberado para atuar pela equipe alvinegra nesta quarta-feira, contra o Atlético-GO, na Neo Química Arena, já que cumpriu um jogo de suspensão contra o Bahia. Depois, o clube do Parque São Jorge conseguiu um efeito suspensivo, e o centroavante foi escalado contra o Sport.

A decisão do STJD se baseou no parecer técnico da auditoria da Comissão de Arbitragem da CBF, segundo o qual não se caracterizou “força excessiva” no lance entre Jô e Diego Costa.

“Realmente não houve agressão e os dois jogadores estão correndo para a área. Houve um choque e o jogador Jô encosta o braço nas costas do defensor e não vi agressão. Acho que está muito bem classificado no artigo 250. Diminuo a pena para o atleta Jô em uma partida”, justificou o auditor Sérgio Leal Martinez, relator do processo.

Inicialmente denunciado por agressão física (artigo 254-A do Código Brasileiro de Justiça Desportiva), o atacante alvinegro acabou sendo punido em primeira instância por “praticar ato hostil” (art. 250) e pegou dois jogos de suspensão.

O Corinthians encara o Atlético-GO nesta quarta-feira, às 21h30 (de Brasília), em Itaquera, em partida adiada da primeira rodada do Campeonato Brasileiro. O Timão atualmente ocupa a 15ª colocação na tabela, com 12 pontos conquistados.