Esportes

Jesualdo, do Santos, lamenta desvantagem em SP: “Não será fácil”

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais

14 de junho de 2020 - 15:31 - Atualizado em 16 de junho de 2020 - 10:11

O técnico Jesualdo Ferreira, do Santos, lamenta a desvantagem das equipes de São Paulo, epicentro do novo coronavírus no Brasil.

Clubes como o Flamengo, no Rio de Janeiro, e o Atlético-MG, em Minas Gerais, já treinam. E esse tempo de preparação pode fazer diferença no Campeonato Brasileiro.

Os paulistas aguardam liberação para os treinamentos, o que deve ocorrer na próxima semana. E não há data para a retomada do Estadual.

“Expectativa também aqui no Brasil, depois de amanhã há mais uma reunião que pode definir algo de novo em relação ao futuro. O governo estadual, a prefeitura e a Federação Paulista procuram encontrar as datas ideais para o recomeço. E há uma preocupação: o Brasil tem 23 estados (sic) e a pandemia não atinge a todos da mesma forma”, disse Jesualdo, em trecho de sua coluna dominical no jornal “O Jogo”, de Portugal.

“Há equipes de alguns estados já trabalhando, e ninguém fica indiferente ao fato de quando recomeçarem as competições nacionais haver umas equipes com mais tempo de preparação do que outras. Sabe-se como São Paulo é um dos estados mais atingidos, logo as equipes deste estado como o meu Santos, o Palmeiras, o Corinthians e o São Paulo vão com certeza ter de combater essa realidade. E não será fácil para ninguém”, completou.

A última partida do Santos ocorreu há exatos três meses, na derrota por 2 a 1 para o São Paulo, no Morumbi, pela 10ª rodada do Paulistão.