Bastidores

Isolamento chega ao fim no Japão, mas Jogos ainda não estão garantidos

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais

25 de maio de 2020 - 00:00 - Atualizado em 25 de maio de 2020 - 00:00

Nesta segunda-feira, o Japão determinou o fim do isolamento por conta da pandemia da covid-19, conforme anunciou Shinzo Abe, o primeiro-ministro do país. Com isso, a capital Tóquio, sede dos Jogos Olímpicos, pode começar a retomar as suas atividades, entretanto isso não significa que a realização do evento está garantida.

Shinzo Abe, primeiro-ministro japonês

“O COI e o Comitê Organizador seguem trabalhando para que a Olimpíada ocorra no verão (no Hemisfério Norte) do ano que vem. Contudo, a luta contra o coronavírus será longa. Tínhamos critérios rígidos para suspender o estado de emergência e julgamos que todos esses critérios foram alcançados”, afirmou em entrevista coletiva.

Por outro lado, Abe acredita que as Olimpíadas podem ser uma grande forma de celebrar o fim de uma fase tão difícil que o mundo enfrenta, mas isso se a pandemia realmente chegar ao fim.

“O governo mantém sua posição de a Olimpíada ser realizada de forma ideal, como uma mostra da vitória completa da humanidade contra o coronavírus. As pessoas virão de partes diferentes do mundo, os atletas vão querer treinar. Acredito que é de extrema importância que se desenvolvam medicamentos e a vacina contra o vírus”, finalizou.

Em sua história, os Jogos Olímpicos só foram cancelados devido às duas Guerras Mundiais.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.