Esportes

Irmão de Maradona desabafa sobre morte do ex-jogador: “Grande dor que nunca vai embora”

Lalo Maradona, que também foi jogador de futebol, relembrou dos aprendizados que teve com o irmão e ressaltou a dificuldade de vê-lo partir

Gazeta
Gazeta Esportiva
Irmão de Maradona desabafa sobre morte do ex-jogador: “Grande dor que nunca vai embora”
Craque argentino segue sendo homenageado nas redes sociais (Foto: Agustin Marcarian/Reuteurs)

30 de novembro de 2020 - 13:03 - Atualizado em 30 de novembro de 2020 - 15:31

A onda de homenagens a Diego Armando Maradona segue ativa. Nesta segunda-feira, o irmão do ídolo argentino se manifestou nas redes sociais, fazendo um desabafo do sofrimento que está passando.

Lalo Maradona, que também foi jogador de futebol, relembrou dos aprendizados que teve com o irmão e ressaltou a dificuldade de vê-lo partir.

“Eu nunca iria imaginar tanta tristeza junta. Você me pegou pela mão quando eu era pequeno, você me ensinou a acreditar que nada é impossível. Naquela época eu disse que ‘você era de outro planeta’, ao longo dos anos eu confirmei, e agora pude ver o seu país e o mundo todo se despedindo, lembrando da sua magia. Sempre tive orgulho de ser seu sangue”, publicou.

“Essa grande dor que sinto nunca vai embora. Sua família sempre estará abraçando você e suas filhas são puro amor e coragem. Peço que você abrace a mamãe e o papai e não os solte. O que eu digo sobre deixar ir, se você nunca nos deixar ir. Eu acreditava que duelos são sobre deixar ir, mas ninguém deixa você ir. Te amo hoje e sempre”, completou Lalo.

Diego Maradona faleceu no dia 25 de novembro, em decorrência de uma parada cardiorrespiratória. Desde então, o ex-jogador argentino vem recebendo inúmeras homenagens, não apenas em sua terra de origem, mas em todo o mundo.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.