Esportes

Internacional visita o Sport mirando a liderança do Campeonato Brasileiro

Gazeta
Gazeta Esportiva

13 de outubro de 2020 - 20:00 - Atualizado em 13 de outubro de 2020 - 20:15

Após conquistar duas vitórias consecutivas, o Internacional volta a campo nesta quarta-feira para tentar manter a boa fase e a perseguição ao Atlético-MG, líder do campeonato. O desafio será contra o Sport, na Ilha do Retiro, às 21h30 (de Brasília), pela 16ª rodada do Brasileirão.

E se a fase dos visitantes é boa, os anfitriões chegam ao confronto pressionados. O Leão já não vence há duas rodadas e espera colocar um ponto final nessa sequência. Contudo, Jair Ventura deve ter problemas para escalar os seus titulares, já que o seu time está apresentando sinais de desgaste físico.

“A gente tem que confiar na força do nosso elenco. Na linha de quatro você ter 50% de mudança, é uma mudança considerável. Mas a gente não está aqui para dar desculpas. Então temos que mostrar a força do grupo. Usar os meninos. O campeonato a gente sabe que é jogo atrás de jogo. O elenco vai ter que rodar, a gente vai ter que botar as peças para jogar. Então é isso que vamos fazer. Mas as três substituições foram obrigatórias. Não por uma situação de estratégia”, disse após o revés para o Botafogo.

Do lado colorado, também será necessário fazer mudanças. O técnico Eduardo Coudet não poderá contar com D’Alessandro, que está suspenso. Além disso, Heitor, que deixou o jogo contra o Athletico-PR com desconforto muscular, é dúvida.

O Inter é o vice-líder do Campeonato Brasileiro de 2020, com 28 pontos, apenas dois amenos que o líder Atlético-MG, que recebe o Fluminense na rodada. Já o Sport está em nono, com 20.

FICHA TÉCNICA

SPORT X INTERNACIONAL

Local: Ilha do Retiro, em Recife (PE)

Data: 14 de outubro de 2020, quarta-feira

Horário: 21h30 (de Brasília)

Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhaes

Assistentes: Rodrigo Figueiredo Henrique Correa e Carlos Henrique Alves de Lima Filho

VAR: Rodrigo Nunes de Sa

SPORT: Luan Polli; Patric, Maidana (Chico) e Adryelson e Sander (Luciano Juba); Marcão Silva, Ricardinho, Leandro Barcía, Thiago Neves e Marquinhos (Lucas Mugni); Hernane Brocador.

Técnico: Jair Ventura

INTERNACIONAL: Marcelo Lomba; Rodinei, Zé Gabriel, Víctor Cuesta, Moisés; Lindoso, Edenilson, Patrick, Marcos Guilherme; Thiago Galhardo e Abel Hernández.

Técnico: Eduardo Coudet