Campeonatos

Inter bate o Bragantino com pênalti polêmico e mantém gordura na liderança do Brasileirão

Gazeta
Gazeta Esportiva

31 de janeiro de 2021 - 19:11 - Atualizado em 31 de janeiro de 2021 - 20:45

As duas melhores campanhas do segundo turno se enfrentaram neste domingo. Jogando no Beira-Rio, o líder Internacional recebeu o RB Bragantino e derrotou os visitantes por 2 a 1, mantendo a sequência de vitórias e a gordura na ponta da tabela.

O Colorado começou a partida a todo vapor e balançou a rede com três minutos de bola rolando. Após lateral na grande área, Patrick chutou e ele mesmo pegou o rebote do goleiro Cleiton para abrir o marcador.

O Massa Bruta não demorou para chegar ao empate. Aos 14 minutos, Claudinho chutou e Lomba rebateu para Helinho igualar em Porto Alegre. O lance chegou a ser analisado pelo VAR e confirmado pelo árbitro Savio Pereira Sampaio.

Apesar do empate, o Braga controlou a primeira etapa, diferente do segundo tempo. Após o intervalo, o Inter mostrou outra postura e pressionou os visitantes.

Aos dez minutos, o árbitro assinalou pênalti para o Inter com o auxílio do VAR. Muita reclamação da equipe paulista, mas Edenílson não desperdiçou e deu a vitória para o Colorado.

O Internacional chega à nova vitória consecutiva no Brasileirão, com 65 pontos, e mantém uma gordura de cinco pontos contra o vice-líder Atlético-MG. O Braga tem a sequência quebrada e dorme em 13º, com 44.

FICHA TÉCNICA

INTERNACIONAL 2 X 1 RB BRAGANTINO

Local: Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)

Data: 31 de janeiro de 2021, domingo

Hora: 18h15 (de Brasília)

Árbitro: Savio Pereira Sampaio (DF)

Assistentes: Daniel Henrique da Silva Andrade (DF) e José Reinaldo Nascimento Júnior (DF)

VAR: Heber Roberto Lopes (SC)

Cartões amarelos: Rodrigo Dourado, Praxedes e Patrick (INT)

Gols:

INTERNACIONAL: Patrick (03’1T) Edenílson (12’2T)

RB BRAGANTINO: Helinho (14’1T)

INTERNACIONAL: Marcelo Lomba; Rodinei, Lucas Ribeiro, Víctor Cuesta e Moisés; Rodrigo Dourado, EdenÍlson, Patrick (Leandro Fernández), Praxedes (Johnny) e Caio Vidal (Marcos Guilherme); Yuri Alberto (Abel Hernández).

Técnico: Abel Braga

RB BRAGANTINO: Cleiton; Weverton, Léo Ortiz, Ligger, Edimar (Weverson); Raul, Ryller (Ramires) e Claudinho; Helinho (Bruno Tubarão), Artur (Cuello) e Ytalo (Hurtado).

Técnico: Maurício Barbieri

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.