Campeonato Paulista

Insatisfeito com FPF, Palmeiras deixa Derby em segundo plano e prioriza Copa do Brasil

Gazeta
Gazeta Esportiva

24 de fevereiro de 2021 - 23:18 - Atualizado em 24 de fevereiro de 2021 - 23:30

A FPF recusou pedido do Palmeiras para adiar o clássico contra o Corinthians e manteve o Derby pelo Campeonato Paulista entre as duas finais da Copa do Brasil. Insatisfeito com a posição da entidade, o clube alviverde já decidiu priorizar a briga pelo título nacional.

Pela segunda rodada do Estadual, o Palmeiras precisará enfrentar o Corinthians às 19h15 (de Brasília) de 3 de março, na Neo Química Arena. Já as duas partidas decisivas pela Copa do Brasil estão marcadas para os dias 28 de fevereiro (16 horas, na Arena do Grêmio) e 7 de março (18 horas, no Allianz Parque).

Internamente, segundo apurou a Gazeta Esportiva, o Palmeiras avalia que o adiamento do Derby era uma questão de bom senso por parte da FPF. Na visão do clube alviverde, a posição da entidade acaba contribuindo para esvaziar o próprio Campeonato Paulista.

Diante da maratona de jogos que enfrenta na temporada, o desgastado Palmeiras priorizará a briga pelo título da Copa do Brasil. O técnico Abel Ferreira, com o clássico relegado a segundo plano, não deve usar força máxima para enfrentar o arquirrival Corinthians.

A reportagem apurou ainda que a diretoria do Palmeiras interpretou a posição da FPF como sinal de desprestígio, já que o clube é filiado à entidade e busca título nacional conquistado por um representante do Estado pela última vez em 2015. No Palestra Itália, o clássico entre as duas finais é considerado um obstáculo.

O Palmeiras já disputou 76 partidas na temporada, o que motivou críticas incisivas de Abel Ferreira ao calendário do futebol brasileiro nas últimas entrevistas. Internamente, o próprio clube considera necessário debater o assunto com os atores envolvidos no mercado do futebol para buscar melhorias.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.