Bahia

Independiente tem problemas em chegada ao Brasil e delegação dorme no aeroporto

Gazeta
Gazeta Esportiva

4 de maio de 2021 - 16:33 - Atualizado em 4 de maio de 2021 - 16:45

Adversário do Bahia na terceira rodada da fase de grupos da Sul-Americana, o Independiente passou por um grande inconveniente ao desembarcar no aeroporto de Salvador, um dia antes do confronto.

Os problemas começaram quando oito jogadores e três membros da comissão técnica da equipe argentina foram impedidos de deixar o aeroporto após testarem positivo para covid-19. O restante da delegação seguiu normalmente para o hotel.

De acordo com a informação do jornal argentino “Olé”, os dez integrantes do Independente barrados no aeroporto pela Anvisa passaram mais de seis horas sem acesso à comida ou água. Todos tiveram que ficar isolados e dormir em uma sala reservada do local.

Walter Lusing, dirigente do Diablo Rojo, concedeu entrevista ao programa Cómo te Va, da rádio argentina Colonia, e explicou que os atletas passaram um grande desconforto durante a madrugada. Segundo Lusing, mesmo que o PCR de alguns membros da delegação tenha apontado positivo, é permitido pela Conmebol que jogadores viajem e até joguem com um teste positivo quando há um certo tempo entre a detecção inicial e o momento da partida.

“A noite foi terrível, os jogadores que foram barrados ficaram dormindo no chão do aeroporto. Trouxeram algumas mantas e um pouco de comida depois de muito tempo. Nos deixaram presos no ar-condicionado, jogados no piso. Acho que seria melhor ter dormido na rua.”

Poucas horas antes de anunciar o adiamento da partida, a Conmebol voltou atrás na decisão e confirmou a partida para a noite desta terça-feira, às 19h15.

Após indefinição sobre o acontecimento da partida, o clube argentino divulgou no Twitter que aceitou jogar diante do calendário apertado, mas fez críticas contra autoridades brasileiras.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.