Barcelona

Ídolo do Napoli, Maradona declara torcida na Champions e seca Messi

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais
Ídolo do Napoli, Maradona declara torcida na Champions e seca Messi

25 de fevereiro de 2020 - 00:00 - Atualizado em 25 de fevereiro de 2020 - 00:00

Napoli e Barcelona, que se enfrentam nesta terça-feira pelo primeiro jogo das oitavas de final da Liga dos Campeões da Europa, têm suas histórias marcadas por ídolos argentinos. De um lado Lionel Messi, camisa 10 e ídolo azul-grená, e do outro Diego Armando Maradona, lenda napolitana da década de 80.

Em entrevista ao jornal italiano Il Mattino, El Pibe comentou sobre sua expetativa para o confronto. “Estou com o Napoli e com os napolitanos. Espero que consigam surpreender”, afirmou.

Maradona atualmente treina o Gimnásia, da Argentina (Foto: Divulgação/Gimnásia)

Sobre Messi, Maradona elogiou o craque, mas não escondeu que irá torcer contra ele nesta quarta. “Leo é muito talentoso, é um ótimo rapaz, mas infelizmente querem colocar toda a pressão sobre ele. Ele tem de seguir a sua carreira e a sua vida sabendo que é o melhor jogador. Eu tenho uma grande memória dele quando era treinador, era divertido vê-lo nos treinos e nos jogos, mas espero que ele não faça um grande jogo”, completou.

Agora treinador do Gimnásia, da primeira divisão argentina, Maradona jogou pela primeira vez no velho continente justamente com a camisa do Barça. Ele saiu do Boca Juniors rumo ao clube catalão em 1982, onde teve uma passagem marcada por lesões e poucas partidas. “O Barcelona abriu-me as portas para a Europa, mas eu escrevi a minha história em tons de azul. O meu coração está com o Napoli”, ressaltou.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.