Benfica

Ídolo do Benfica, Luisão desabafa após derrota na Supertaça para o Porto

Gazeta
Gazeta Esportiva

25 de dezembro de 2020 - 12:07 - Atualizado em 25 de dezembro de 2020 - 12:15

Após a derrota por 2 a 0 para o Porto na final da Supertaça de Portugal, na última quarta-feira, chamou a atenção o forte discurso que o brasileiro Luisão, ídolo do Benfica e atualmente auxiliar de Jorge Jesus, deu aos jogadores dentro de campo. O ex-zagueiro foi às redes sociais se explicar e mostrar os sacrifícios que fez pela equipe.

“Um misto de sentimentos desde ontem: Frustração pela não conquista da Supertaça… não falar com minha esposa no dia de aniversário de 14 anos de casados (pela responsabilidade de um jogo) 23/12… da mensagem emotiva aos jogadores falando sobre o sentimento da dor de uma derrota e o quão é importante saber que esse sentimento dói e muito… e não conseguir passar o Natal com família que está no Brasil”, revelou.

Luisão esteve presente dentro de campo pois o outro auxiliar, Tiago Pinto, está com covid-19 e não pôde ficar no banco de reservas junto com Jorge Jesus. O ex-zagueiro disse que fez valer o comprometimento com o Benfica, mesmo que significasse ficar longe da família. “Colocando em primeiro lugar o compromisso de um objetivo. Que todos desfrutem com responsabilidade de um Natal abençoado e muita saúde a toda família”, finalizou.

O brasileiro é um dos maiores nomes da história do clube português. Quando ainda era um jogador em atividade, vestiu a camisa do Benfica por 15 anos, somando 538 partidas e 47 gols. Após se aposentar, ainda atuando pelos Águias, ele assumiu funções internas no clube.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.