Esportes

Hugo Souza se emociona com atuação pelo Flamengo e lembra pai falecido

Gazeta
Gazeta Esportiva

27 de setembro de 2020 - 19:27 - Atualizado em 27 de setembro de 2020 - 19:45

Desfigurado após ter 19 jogadores positivados para Covid-19, o Flamengo enfrentou o Palmeiras com uma equipe muito jovem. Com apenas três titulares em campo, o Rubro-Negro apelou pra base e não se intimidou. Os garotos mostraram muita personalidade, principalmente o goleiro Hugo Souza.

Com grandes defesa, ele foi eleito pelos comentaristas da emissora que transmitiu o confronto como o melhor em campo. Aos 21 anos e com 1,96m de altura, o Neneca, como é conhecido, não tremeu e agarrou a oportunidade. Na saída do gramado, revelou sua emoção e a luta para ajudar a família.

“Faz nove meses que eu não atuava pelo Flamengo. A última partida que eu fiz foi pelo Sub-20, Só que a diferença da última pra essa é que meu pai estava na arquibancada me assistindo e hoje eu não tenho mais ele. Faz seis meses que eu perdi meu pai, que foi meu grande incentivador. Foi o cara que me deu tudo. Ele e minha mãe, minha irmã, minha família sempre estiveram comigo”, disse Hugo Souza.

“E hoje foi meu primeiro jogo sem o meu pai. Ele não pode vir fisicamente, não pode ver pela televisão, ter essa sensação, mas eu creio que ele está lá em cima melhor que a gente e eu sempre entrei em campo pensando neles, na minha família. Pensando em dar um futuro melhor pra eles, pensando em crescer na vida por eles, e não vai ser diferente. Tem minha mãe, minha irmã e eu preciso cuidar delas. Isso aqui não é só meu, é de tudo que está em volta de mim, o trabalho do staff do Flamengo que dá todo suporte pra gente jogar. E eu sou novo, sou da base, tenho 12 anos de clube, e tendo uma oportunidade dessas eu não poderia deixar passar”, afirmou.