Botafogo

Honda mantém Olimpíada como objetivo

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais
Honda mantém Olimpíada como objetivo

30 de abril de 2020 - 00:00 - Atualizado em 30 de abril de 2020 - 00:00

O japonês Honda foi a principal contratação do Botafogo para esta temporada, mas teve pouco tempo de mostrar serviço. O jogador estreou na última partida antes da paralisação pela pandemia de coronavírus, e chegou a marcar um gol com a camisa alvinegra.

Em entrevista a TV japonesa “News Zero”, Honda ressaltou que ainda mira a convocação para a Olimpíadas de Tóquio, que foi adiada de 2020 para 2021.

(Foto: Divulgação/Vitor Silva)

“Sim, eu quero. Não sei muito sobre o nível de dificuldade da competição olímpica do futebol, mas sei que sou melhor que os jovens jogadores do Japão”, disse.

Honda afirmou que pode ser muito útil no Botafogo e, com isso, espera chamar a atenção da comissão técnica japonesa para estar presente nos Jogos Olímpicos.

“Acho que posso trazer força ao time e quero seguir melhorando o meu desempenho para entrar entre os convocados. Acho que as Olimpíadas de Tóquio terão muita pressão porque serão realizadas no Japão. Como seremos anfitriões, teremos que lidar com essa pressão, tenho certeza que vou jogar muito bem, como sempre. Nessa situação, até grandes jogadores podem não conseguir demonstrar o seu melhor, e acho que essa é a força mental e competitiva que tenho para o torneio”, declarou.

Honda está em férias coletivas, assim como todo elenco do Botafogo, até esta quinta-feira. A partir desta sexta-feira, os jogadores voltam a estar liberados e esperam a definição sobre o retorno das atividades no clube.