Campeonato Espanhol

Histórico estádio do Cádiz muda de nome após 66 anos

Gazeta
Gazeta Esportiva

28 de junho de 2021 - 13:41 - Atualizado em 28 de junho de 2021 - 14:00

Depois de mais de seis décadas, desde que foi inaugurado em 3 de setembro de 1955, o famoso e histórico Estádio Ramón de Carranza mudou de nome. O agora chamado Nuevo Mirandilla, após uma votação realizada entre os sócios do Cádiz CF, faz referência a um antigo time e estádio do início da história da cidade de Cádis.

A mudança já era esperada desde 2019, quando o prefeito da cidade, José Maria González Santos, foi eleito para seu segundo mandato e decidiu retirar do estádio o nome que prestava uma homenagem a um militar espanhol.

O estádio é conhecido de muitos brasileiros por conta do torneio amistoso internacional de pré-temporada europeia que era disputado no local sempre no mês de agosto, que inclusive foram campeões nesse estádio espanhol – Palmeiras e Vasco são os maiores campeões com três títulos, seguidos por Flamengo, que tem dois, enquanto Atlético-MG, São Paulo e Corinthians possuem um título cada.

Isso, sem falar em diversos jogos que ficaram marcados para sempre, principalmente na memória dos torcedores, como a goleada por 4 a 0 do Tricolor de Telê Santana sobre o poderoso Real Madrid; a estreia de Robinho por esse mesmo clube da capital; os cinco gols de Zidane em uma única partida; a vez que o Botafogo teve de jogar com o uniforme do RC Deportivo La Coruña para vencer a Juventus, etc.

A mudança foi ‘capitaneada’ pela Lei da Memória Histórica ou Lei da Memória Democrática, de 2007, que dá o direito de se estabelecer medidas em favor daqueles que foram perseguidos, torturados ou mortos durante a ditadura e a guerra civil – como foi retratado pelo jornal Lance! em matéria de 2020 -, e abraçada pelo atual prefeito da cidade, José Maria González Santos.

Isso porque Ramón de Carranza, que dava nome ao estádio, foi um almirante espanhol que se uniu às tropas do ditador Francisco Franco quando a Segunda Guerra Mundial eclodiu – com o militar franquista foi prefeito da cidade de Cádiz em duas ocasiões, antes de falecer em 1937. A ditadura na Espanha perdurou até a morte de Franco, em 1975.

O novo nome do estádio lembra aquele que existiu na cidade há mais de duas décadas e em que jogou o precursor do atual Cádiz CF, que teve capacidade para 7.000 espectadores. O futebol na cidade começou a ser disputado no Campo Esportivo Mirandilla, localizado na antiga praça de touros da cidade de Cádis – e foi lá que jogou o precursor do atual Cádiz CF, o Mirandilla, que mais tarde mudaria de nome para ser o time que conhecemos hoje.

O nome ‘Mirandilla’ se refere à escola La Salle, atualmente localizada em Campo del Sur, e é um nome que remete a um mirante, daí o nome da escola – de onde surgiu o clube que mais tarde se fundiu com Cádiz. Agora, com a recuperação desse nome, a história do esporte na cidade está em grande parte recuperada. De fato, Mirandilla e Cádiz estarão sempre unidos, dentro e fora de campo.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.