Esportes

Hamilton vence o GP da Bélgica e fica a duas vitórias do recorde de Schumacher

Gazeta
Gazeta Esportiva

30 de agosto de 2020 - 11:49 - Atualizado em 30 de agosto de 2020 - 12:15

O britânico Lewis Hamilton venceu mais uma corrida. Desta vez, o piloto da Mercedes conquistou o GP da Bélgica, em Spa-Francorchamps. O inglês chega a sua 89ª vitória, duas a menos que o recordista Michael Schumacher. Completaram o pódio Valtteri Bottas (Mercedes) e Max Verstappen (Red Bull).

Com os pontos conquistados, Hamilton chegou a 157, seguido por Verstappen, com 113 e Bottas, com 104. A próxima prova será disputada no dia 6 de setembro, em Monza, na Itália.

Quem fez a melhor largada foi Leclerc, que conseguiu ganhar cinco posições na primeira volta da corrida. O início da prova foi marcado também pela disputa entre Verstappen e Ricciardo, que brigaram pela terceira posição, mantida pelo piloto da Red Bull. Sainz nem chegou a largar por conta de um problema no escapamento.

Mesmo tendo uma boa saída, o monegasco não conseguiu manter o bom desempenho, reclamando muito da aceleração do carro principalmente nas retas, problema recorrente dos motores da Ferrari na temporada. O piloto chegou a ocupar a oitava colocação, mas caiu para a 12ª em sete voltas. A posição final foi 14º.

Stephanie Lecocq/ POOL/AFP

Na 11ª volta, o Safety Car teve que entrar devido a um acidente na curva sete. Giovinazzi rodou na pista e bateu. Para evitar maiores problemas, Russel tentou desviar a acabou batendo também, mas não nopiloto. Ambos tiveram que abandonar a corrida. Durante este período, os competidores restantes aproveitaram para trocar seus pneus.

Na linha de frente, Hamilton dominou a prova e se manteve na liderança do início ao fim. Bottas tentou ultrapassar o companheiro de equipe algumas vezes, sem sucesso. A volta mais rápida foi feita por Ricciardo, que conquistou um ponto extra pelo feito.

Confira o resultado do Grande Prêmio da Bélgica de Fórmula 1:

1- Lewis Hamilton (Mercedes)

2- Valtteri Bottas (Mercedes): +24.177

3- Max Verstappen (Red Bull): +44.752

4- Daniel Ricciardo (Renault): + 1 volta

5- Esteban Ocon (Renault): +1 volta

6- Alex Albon (Red Bull):  + 1 volta

7- Lando Norris (McLaren): + 1 volta

8- Pierre Gasly (Alpha Tauri): + 1 volta

9- Lance Stroll (Racing Point): + 1 volta

10- Sergio Pérez (Racing Point): + 1 volta

11- Daniil Kvyat (Alpha Tauri): + 1 volta

12- Kimi Raikkonen (Alfa Romeo): +1 volta

13- Sebastian Vettel (Ferrari): +1 volta

14- Charles Leclerc (Ferrari): +1 volta

15- Romain Grosjean (Haas): + 1 volta

16- Kevin Magnussen (Haas): +1 volta

17- Nicholas Latifi (Williams): + 1 volta

18- George Russell (Williams) não terminou a corrida

19- Antonio Giovinazzi (Alfa Romeo): não terminou a corrida

20- Carlos Sainz (McLaren): não terminou a corrida

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.