Esportes

Grêmio volta a vencer Guaraní-PAR e enfrenta o Santos nas quartas da Libertadores

Gazeta
Gazeta Esportiva

3 de dezembro de 2020 - 23:39 - Atualizado em 4 de dezembro de 2020 - 00:00

O Grêmio está classificado para as quartas de final da Libertadores. Nesta quinta-feira, a equipe de Renato Portaluppi venceu o Guaraní, do Paraguai, por 2 a 0, em sua Arena, e assegurou vaga na próxima fase do torneio continental. No jogo de ida das oitavas de final, em Assunção, o Tricolor venceu pelo mesmo placar.

O jovem atacante Ferreira, de 22 anos, abriu o marcador no início do jogo. Já nos acréscimos do segundo tempo, Rodrigues ampliou e deixou o jogo com números finais.

Agora, o Grêmio vai enfrentar o Santos na Libertadores. O Peixe eliminou a LDU no critério de gols marcados fora de casa, após vencer por 2 a 1 no Equador e perder por 1 a 0 na Vila Belmiro. As datas das partidas ainda não foram divulgadas pela Conmebol, mas o duelo de ida será disputado no meio da próxima semana.

Antes do primeiro embate pelas quartas de final do torneio, o Grêmio enfrenta o Vasco neste domingo. O confronto na Arena do Tricolor gaúcho será válido pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O JOGO

Como Luiz Fernando sentiu desconforto muscular no aquecimento, Ferreira foi escalado como titular no time do Grêmio de última hora. A entrada do atacante deu resultado, já que aos três minutos de partida o camisa 19 abriu o placar depois de cruzamento rasteiro de Bruno Cortez.

Dez minutos depois, os donos da casa quase ampliaram. Em novo cruzamento de Cortez, Diego Churín chegou finalizando e levou perigo ao gol de Servio.

A partir da metade do primeiro tempo, foi a vez do Guaraní ameaçar o Tricolor gaúcho. Aos 24 minutos, Maná lançou a bola na área para Báez, que cabeceou e tirou tinta do travessão. Pouco antes do intervalo, Florentín exigiu uma boa defesa de Vanderlei após forte cabeçada.

Na segunda etapa, o Grêmio voltou a ameaçar o Guaraní. Aos sete minutos, Lucas Silva recebe passe de Ferreira dentro da área e finalizou forte, mas o goleiro Servio salvou o time paraguaio. Aos 18, Isaque pegou a sobra de Darlan e balançou as redes, mas o lance foi anulado por impedimento.

Aos 33 minutos, Pepê cruzou, Servio não conseguiu fazer o corte e Churín pegou o rebote, mas arrematou por cima da meta adversária. Já no fim do jogo, Miguel Benítez fez falta dura em Diego Souza e recebeu o cartão vermelho, deixando o Guaraní com um jogador a menos.

Com um homem a mais, o Grêmio teve tranquilidade para ampliar. Após receber passe de Maicon, Diego Souza deixou Rodrigues livre na frente do gol, que sacramentou a vitória mandante.

FICHA TÉCNICA:

GRÊMIO 2 X 0 GUARANÍ-PAR

Local: Arena do Grêmio, Porto Alegre (RS)

Data: 03 de dezembro de 2020, quinta-feira

Hora: 21h30 (de Brasília)

Árbitro: Wilmar Roldán (Colômbia)

Assistentes: Dionisio Ruiz e Miguel Roldán (Colômbia)

VAR: Andrés Rojas (Colômbia)

Cartões amarelos: Isaque (Grêmio); Florentín, Villalva, Báez e Rodrigo Fernández (Guaraní)

Cartão vermelho: Miguel Benítez

GOLS: Ferreira, aos 3 minutos do 1ºT, e Rodrigues, aos 52 minutos do 2ºT (Grêmio)

GRÊMIO: Vanderlei; Orejuela, Rodrigues, David Braz e Bruno Cortez; Darlan (Pinares), Lucas Silva e Jean Pyerre (Isaque); Ferreira (Maicon), Pepê (Guilherme Azevedo) e Diego Churín (Diego Souza).

Técnico: Renato Portaluppi

GUARANÍ: Servio; Tripichio (Villalva), Romaña, Báez e Miguel Benítez; Florentín (Fernando Fernández), Rodrigo Fernández e Ángel Benítez (Merlini); Maná, Domínguez e Bobadilla (Guillermo Benítez).

Técnico: Gustavo Costas

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.