Esportes

Grêmio perde para o Caxias em casa, mas se consagra tricampeão do Campeonato Gaúcho

Gazeta
Gazeta Esportiva
Grêmio perde para o Caxias em casa, mas se consagra tricampeão do Campeonato Gaúcho

30 de agosto de 2020 - 17:58 - Atualizado em 30 de agosto de 2020 - 18:16

O Grêmio se consagrou campeão gaúcho pela 39ª vez em sua história. O Tricolor até perdeu para o Caxias, por 2 a 1, em sua arena neste domingo, mas foi o suficiente para garantir o caneco, já que no jogo de ida o time da capital venceu os rivais por 2 a 0.

Com o resultado, o Grêmio conquistou o seu terceiro título estadual seguido, feito que não conseguia realizar desde 1987.

Além disso, o tricampeonato coloca o técnico Renato Gaúcho ao lado de Oswaldo Rolla como os únicos treinadores a conquistar o troféu por três vezes consecutivas.

O jogo – Os anfitriões começaram o primeiro tempo dominando a posse de bola, troncando passes, principalmente, no campo de ataque. Com isso, aos 13 minutos, Everton encontrou espaço na marcação e bateu cruzado, acertando a trave. No rebote, a bola sobrou para Diego Souza, que não perdoou e inaugurou o placar.

A vantagem quase aumentou aos 18 minutos, em forte finalização de Jean Pyerre que saiu raspando a meta de Marcelo Pitol. A partir de então, os visitantes melhoraram e alcançaram o empate aos 41. Ivan cruzou na medida para Laércio testar para o fundo da rede e igualar.

Foto: Divulgação/Lucas Uebel

Na volta do intervalo, o Grêmio tentou adotar a mesma estratégia que utilizou na primeira etapa. Contudo, dessa vez, o Caxias soube se aproveitar da desaceleração dos rivais e virou o jogo. Com apenas nove minutos, Bruninho, que havia acabado de entrar, recebeu dentro da área e arriscou chute cruzado, que desviou em Kannemann e encobriu o goleiro Vanderlei.

O Tricolor teve a chance de deixar tudo igual logo na sequência. Após lambança da zaga grená, Isaque ficou de frente para o gol, mas mandou para fora. Aos 37, foi a vez de Thiago Neves assustar. O meia recebeu de Diego Souza e soltou forte finalização, que parou em grande defesa de Marcelo Pitol.

Nos minutos finais, o Caxias até tentou apertar em busca de mais um tento para levar o confronto aos pênaltis, mas não foi o suficiente, e o título ficou com o Grêmio.

FICHA TÉCNICA

GRÊMIO 1 X 2 CAXIAS

Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS)

Data: 30 de agosto de 2020 (domingo)

Horário: 16 horas (de Brasília)

Árbitro: Anderson Daronco

Assistentes: Rafael da Silva Alves e Maurício Coelho

VAR: Leandro Vuaden

Cartões amarelos: Luiz Fernando e Thiago Neves (Grêmio); Thiago Sales (Caxias)

GOLS: Diego Souza, aos 13 do 1ºT (Grêmio); Laércio, aos 41 do 1º T, e Bruninho, aos 9 do 2ºT (Caxias)

GRÊMIO: Vanderlei; Victor Ferraz, Geromel, Kannemann, Bruno Cortez; Darlan (Maicon), Lucas Silva (Thiago Neves), Alisson, Jean Pyerre (Luiz Fernando) e Everton (Isaque); Diego Souza (David Braz)

Técnico: Renato Gaúcho

CAXIAS: Marcelo Pitol; Ivan, Laércio, Thiago Sales e Bruno Ré; Juliano, Carlos Alberto (Yuri), Marabá (Bruninho) e Diogo Oliveira; Claudinho e Marcelo Campanholo (Vinícius Baiano)

Técnico: Rafael Lacerda

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.