Esportes

Grêmio exclui cônsul do clube após postagens racistas em rede social

Gazeta
Gazeta Esportiva
Grêmio exclui cônsul do clube após postagens racistas em rede social

27 de maio de 2021 - 16:03 - Atualizado em 27 de maio de 2021 - 16:30

O Grêmio anunciou nesta quinta-feira o desligamento de Eduardo Ferrari, responsável pelo Consulado da cidade de Charlotte, nos Estados Unidos. Foram encontradas em seu Twitter falas racistas, se referindo ao Internacional e sua torcida.

Eduardo, que acusou o jornalista Caio Alves, da ESPN, de receber dinheiro para publicar informações positivas do Internacional, teve revelado tweets de 2013, nos quais o ex-Cônsul se referiu aos jogadores do Inter como “macacos”.

(Foto: Reprodução/Twitter)

Ferrari excluiu sua conta do Twitter nesta quinta-feira.

Confira a nota oficial do Grêmio:

“O Grêmio FBPA, juntamente com o seu Departamento Consular, vem a público informar o desligamento do Cônsul da cidade de Charlotte, Carolina do Norte (EUA), devido a manifestações de cunho racistas em rede social, contrariando valores do Clube e que não condizem com o título que lhe foi conferido, como representante desta instituição.

O Grêmio reitera seu total repúdio a todo e qualquer ato de discriminação, primando por ser sempre o “Clube de Todos.”

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.